A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019

07/04/2017 10:58

Após explosão em laboratório, escola é interditada pelo Corpo de Bombeiros

Secretaria Estadual de Educação diz que professor ferido em explosão é experiente em trabalhos com laboratórios

Helio de Freitas, de Dourados
Recado para funcionários e alunos (Foto: Rafael Coca/MS em Foco)Recado para funcionários e alunos (Foto: Rafael Coca/MS em Foco)
Carro da perícia da Polícia Civil em frente à Escola Presidente Vargas (Foto: Rafael Coca/MS em Foco)Carro da perícia da Polícia Civil em frente à Escola Presidente Vargas (Foto: Rafael Coca/MS em Foco)

A Escola Estadual Presidente Vargas, a maior e mais tradicional de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, foi interditada na manhã de hoje (7) pelo Corpo de Bombeiros. Por volta de 22h40 de ontem, uma explosão no laboratório de biologia provocou queimaduras no professor Manoel Domingos dos Santos Neto, 29, que está internado.

De acordo com um recado afixado no portão principal, por onde entram os funcionários, a interdição foi feita para limpeza do local do acidente. As aulas foram suspensas nos três períodos desta sexta-feira, mas voltam ao normal na segunda, dia 10.

Uma equipe da perícia da Polícia Civil também foi à escola para fazer um laudo sobre a explosão, que pode ter sido causada por reagentes químicos. O professor continua internado no Hospital da Cassems. O Campo Grande News apurou que ele está fora de perigo, pois sofreu apenas queimaduras leves, mas vai continuar em observação.

Experiente – Em nota à imprensa, a Secretaria Estadual de Educação informou que o professor Manoel dos Santos Neto é experiente em trabalhos com laboratório e que a escola vai aguardar os laudos para saber a causa da explosão.

De acordo com a secretaria, na manhã de hoje o coordenador regional de Educação, Nei Elias Coinethe de Oliveira, esteve na Escola Presidente Vargas para buscar informações sobre o acidente.

“Segundo a senhora Helena Eiko Kimura Satorre, diretora adjunta escolar, por volta das 22h40 ela estava monitorando a saída dos alunos na portaria da escola quando escutou o pedido de socorro do professor, imediatamente, o Samu foi acionado”, diz a nota.

Ainda conforme a secretaria, inicialmente os médicos atenderam o profissional no local e depois o levaram para o hospital.

“A direção da escola ressalta que é hábito do professor, após o término das aulas, conduzir os alunos à sala de aula e, após isso, fazer a limpeza do laboratório. A direção da escola lembra que o professor Manoel é um profissional habilitado em ciências biológicas, experiente em trabalhos com laboratórios, que ministra as aulas de anatomia e fisiologia humana no curso técnico de análises clínicas”, informou a Secretaria de Educação.

Embora a direção tenha colocado um recado no portão informando que as aulas voltam ao normal na segunda-feira, a nota da secretaria informa que a escola aguarda os laudos do Corpo de Bombeiros e do técnico em química para informar sobre o retorno das atividades.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions