A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/12/2015 20:06

Após reclamações sobre rodovia, governo abre licitação para 2016

Mariana Rodrigues
O leitor registrou vários buracos na ao longo da MS-338. (Foto: Direto das Ruas)O leitor registrou vários buracos na ao longo da MS-338. (Foto: Direto das Ruas)
O fluxo intenso de caminhões tem sido a principal reclamação dos moradores da região para o desgaste do asfalto. (Foto: Direto das Ruas)O fluxo intenso de caminhões tem sido a principal reclamação dos moradores da região para o desgaste do asfalto. (Foto: Direto das Ruas)

Os buracos e as más condições da MS-338 são alvos constantes de reclamações de moradores da região que cobram providências e até já fizeram manifestações reivindicando melhorias e a recuperação da rodovia.

No mês passado, manifestantes cobravam a construção de um anel viário no trecho que liga Santa Rita do Pardo a Bataguassu. Os moradores e comerciantes colocaram fogo em pneus para impedir a passagem de veículos.

Na época, os moradores e comerciantes reclamavam que o tráfego intenso de caminhões pesados havia acabado com os asfalto, já que os caminhoneiros que vão de Bataguassu a Campo Grande, preferem passar por Santa Rita do Pardo para evitar o pedágio em Nova Alvorada do Sul.

Em outro trecho, próximo ao Assentamento Nova Mutum, quando chove a lama dificulta o trânsito devido aos atoleiros. Essa estrada é a mesma que faz a ligação entre os municípios de Água Clara, Ribas do Rio Pardo e Três Lagoas.

Leitor do Campo Grande News registrou como está o asfalto da MS-338, de acordo com as imagens enviadas, em vários pontos é possível encontrar buracos no meio do asfalto que pode, inclusive causar acidentes por quem passa pela via.

Licitação - Hoje (7), a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), publicou no diário oficial do Estado aviso de lançamento de licitação para pavimentação em alguns trechos na MS-338. A licitação, é do tipo menor preço, nos termos da Lei 8.666 de 21 de junho de 1993.

De acordo com a publicação a implantação e pavimentação de segmento de rodovia, com estudo de viabilidade técnica Econômica e Ambiental, na MS-338, nos trechos entre MS-357 em Lagoa Sanguessuga, nos municípios de Camapuã e Ribas do Rio Pardo, com extensão aproximada de 111,700 km. A abertura será em 11 de janeiro de 2016.

Já na BR-262 em Mutum, o aviso de lançamento de licitação é para a MS-040, nos municípios de Ribas do Rio Pardo e Santa Rita do Pardo, com extensão aproximada de 106,950 km. A abertura acontece no dia 12 do ano que vem, às 09h, na Aenida Desembargador José Nunes da Cunha, s/n, Bloco 14, Parque dos Poderes, conforme a publicação.

Passo do Piraju deve receber posto de saúde e energia, determina Justiça
O MPF-MS (Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul) conseguiu na Justiça que a União fosse condenada a construir um posto de saúde e instalar...
Dourados abre período de pré-matrículas em escolas e creches municipais
Foi aberto nesta segunda-feira (11) o período de inscrições para matrícula (a pré-matrícula) nas unidades escolares e Centros de Educação Infantil de...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions