A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

31/03/2016 16:23

Apreensão de explosivos pelo Exército hoje soma mais de 800 kg

Priscilla Peres
Equipes estão espalhadas e operação pelo interior do Estado. (Foto: Divulgação CMO)Equipes estão espalhadas e operação pelo interior do Estado. (Foto: Divulgação CMO)
Produto foi apreendido durante fiscalização hoje. (Foto: Divulgação CMO)Produto foi apreendido durante fiscalização hoje. (Foto: Divulgação CMO)

A carga de explosivos irregular apreendida hoje por equipes do Exército estava em Terenos - distante 25 km de Campo Grande. A ação ocorreu dentro da Operação Rastilho II, realizada para fiscalizar o uso ilegal de explosivos em seis municípios do Estado.

De acordo com as equipes da operação, foram apreendidos hoje 828 kg de explosivos (emulsão encartuchada), 4.385 metros de cordel detonante, 68 retardos e 15 estopins. A empresa, autorizada a manipular esse tipo de material, foi autuada por irregularidades na armazenagem, controle e emprego de explosivos em sua atividade mineradora.

O material apreendido foi confinado em paiol e será destruído após o fechamento do processo administrativo, que dura 60 dias. No primeiro de ação, o Exército apreendeu 290 quilos de explosivos em um garimpo ilegal no interior de Mato Grosso.

Os explosivos apreendidos durante a Operação e que não possuem comprovação de origem (notas fiscais de aquisição na indústria), estão sendo rastreados pelo Exército junto aos respectivos fabricantes.

As empresas que adquiriram os produtos serão notificadas e responderão processo administrativo. Dependendo do caso, pode ser oferecida denúncia crime ao Ministério Público Federal.

A operação foi desencadeada na terça-feira e durante três dias cerca de 200 agentes das forças de seguranças (Exército, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal) intensificaram as ações de fiscalização nas cidades, realizando vistorias em empresas que utilizam material explosivo e correlatos, no sentido de verificação de estoques e o uso dos produtos.

Conforme o general Luciano José Penna, coordenador da operação, as vistorias são realizadas em locais que exercem atividades com esse tipo de material, empresas de utilizam explosivos para construção de estradas, barragens e minerações. Nos dois estados (MS e MT) são 490 estabelecimentos cadastrados pelo Exército para trabalharem com explosivos.

Exército apreende 700 kg de explosivos em MS durante Operação Rastilho II
Durante a Operação Rastilho II, realizada sob o Comando da 9ª Região Militar do Exército em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, foram apreendidos mais ...
Exército faz operação para fiscalizar venda de explosivos no Estado
O Exército começou nesta terça-feira (29) uma operação para fiscalizar estabelecimentos comerciais que vendam explosivos. Conforme a assessoria de im...
Ladrões assaltam sorveteria e suspeito é baleado por comparsa durante fuga
Jovem de 18 anos foi preso em flagrante após assaltar uma sorveteria e acabar baleado pelo comparsa, no fim da noite de ontem (12), no bairro São Ben...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions