ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  17    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Asfalto de avenida começa a desmoronar menos de dois anos após obra

Buraco ressurgiu na lateral da Presidente Vargas, em trecho interditado por seis meses, em 2019

Por Helio de Freitas, de Dourados | 17/09/2021 09:55
Guarda faz foto em local onde buraco começa a invadir asfalto. (Foto: Sidnei Bronka/Ligado na Notícia)
Guarda faz foto em local onde buraco começa a invadir asfalto. (Foto: Sidnei Bronka/Ligado na Notícia)

Após a chuva de quase 40 milímetros na noite de ontem (16), o asfalto voltou a desmoronar na Presidente Vargas, na região norte de Dourados (a 233 km de Campo Grande). A via é a principal ligação entre o centro da cidade e a MS-156, na saída para Itaporã.

A erosão ressurgiu exatamente no mesmo local onde a avenida ficou interditada por seis meses, de 2 de abril a 30 de setembro de 2019, na margem do Córrego Laranja Doce. O buraco já começa a invadir a pista no sentido Itaporã-Dourados.

Veja o vídeo:

Moradores das redondezas avisaram a prefeitura sobre o buraco aberto pela chuva de ontem e uma equipe da Guarda Municipal está no local.

Donos de comércios naquele trecho da Presidente Vargas temem mais prejuízo com outra interdição, como a ocorrida em 2019. Segundo eles, os efeitos agora seriam ainda mais graves devido ao reflexo da pandemia da covid-19 no comércio.

No início de abril de 2019, o desmoronamento subterrâneo da galeria existente embaixo do asfalto para vazão do córrego obrigou a prefeitura a interditar as duas pistas da Presidente Vargas.

Como o município atravessava grave crise financeira, o Governo do Estado liberou quase R$ 1 milhão para a obra de recuperação. Em 6 de junho daquele ano, a prefeitura contratou a empresa Planacon para reconstrução da drenagem e do asfalto. A obra só foi concluída três meses depois e a avenida reaberta no dia 30 de setembro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário