A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

10/06/2013 19:36

Asiáticos presos em MS têm até amanhã para deixar o país

Evelyn Souza

Os doze homens do país asiático Bangladesh, presos no último sábado (08) por entrarem ilegalmente no Brasil, têm até amanhã (11) para deixar o país. Caso contrário, serão deportados.

Eles foram detidos pela PMA (Polícia Militar Ambiental), na BR-262, próximo a Miranda, em um ônibus intermunicipal, que fazia o itinerante Corumbá- Campo Grande. Para não passar pela barreira, eles só embarcaram na rodovia, em um local chamado Buraco das Piranhas. Segundo a PMA, nenhum dos homens possuía no passaporte visto de entrada no Brasil. Os bilhetes de viagem estavam em nome de um hotel.

Eles foram encaminhados no mesmo dia para a Polícia Federal de Campo Grande, onde foram notificados e receberam um prazo de três dias para deixarem o Brasil. Se isso não acontecer, todos serão deportados. Como eles não podem ficar detidos, todos foram liberados da delegacia.

Segundo o Major Queiroz, da PMA, nenhum policial conseguiu se comunicar com os homens, por conta da língua estrangeira. O Major disse também que é comum que estrangeiros, principalmente Haitianos e Bolivianos entrem no país por Corumbá, porque parte da fronteira tem trânsito livre e muitos alegam que só estão a passeio. “Quando percebemos que eles estão em grupos e com malas, encaminhamos para a Polícia Federal”, explica o Major.

De acordo com Queiroz, muitos vão em busca de trabalho em empresas de confecções de São Paulo. “Eles vão com promessa de trabalho, mas muitas vezes são escravizados, não recebem nada”, explica.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions