ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Bolivianos têm carros apreendidos por fazer transporte clandestino em MS

Em um dos veículos, passageiros pagaram 2 mil bolivianos (moeda da Bolívia) para vir de La Sierra até Corumbá.

Mirian Machado | 10/12/2020 13:46
Veículos foram apreendidos e encmainhados ao pátio do Detran (Divulgação)
Veículos foram apreendidos e encmainhados ao pátio do Detran (Divulgação)

Dois motoristas foram autuados e tiveram o carro apreendido após realizar transporte clandestino de passageiros em Corumbá, a 419 km de Campo Grande. Os veículos, motoristas e passageiros são bolivianos.

A apreensão foi feita na quarta-feira (9) pela Agetrat (Agencia de Trânsito e Transporte) na Rodovia Ramão Gomes. Durante a abordagem, três passageiros informaram que o motorista cobrou 2 mil bolivianos (moeda utilizada na Bolívia) pela corrida. O valor corresponde a R$1.600 conforme o câmbio da fronteira. Segundo apurado pelo portal Diário Corumbaense, ambos seguiram de La Sierra para uma clínica médica em Corumbá.

Os passageiros que não tiveram a identidade revelada, confessaram que não é a primeira vez que utilizam os serviços do motorista e que não sabiam que era irregular.

Passageiros pagam até 2 mil bolivianos para virem para o Brasil (Divulgação)
Passageiros pagam até 2 mil bolivianos para virem para o Brasil (Divulgação)

Ainda na cidade, outro veículo boliviano foi flagrado pegando passageiros na Rua 15 de Novembro com a Rua Dom Aquino. O condutor disse que cobra 50 bolivianos para levar as pessoas de volta para a Bolívia. Ele também teve o veículo apreendido.

Os condutores flagrados são multados em 500 VRM (Valor Referência do Município) que equivale a R$ 995. Os veículos foram levados para o pátio do Detran MS (Departamento Estadual de Trânsito).

Ainda conforme o portal da cidade, a Agetrat orienta os passageiros a utilizarem meios de transporte credenciados como ônibus, taxi, mototaxi e aplicativos de transporte.

Nos siga no Google Notícias