A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

11/07/2015 16:28

CCR libera parcialmente rodovia bloqueada por guincho

Ricardo Campos Jr.
Guincho que está bloqueando há um dia BR-163 (Foto: Idest)Guincho que está bloqueando há um dia BR-163 (Foto: Idest)

A CCR MS Via liberou parcialmente o trecho da BR-163 em São Gabriel do Oeste, a 140 quilômetros de Campo Grande, que está bloqueado por um guincho desde a tarde de ontem. Segundo a concessionária da pista, o tráfego de veículos está sendo organizado com operações pare e siga.

Os problemas começaram depois que uma carreta tombou na quinta-feira, bloqueando uma das pistas. No dia seguinte, um guincho chegou ao local para remover o veículo, mas não suportou o peso dele, tombou e bloqueou de vez a via.

Transtornos – Foi providenciada uma rota alternativa por rodovias estaduais. Porém, veículos grandes não puderam usá-la em razão de três frágeis pontes de madeira existentes no trecho.

Assim, vários ônibus de viagem tiveram que parar e esperar a liberação. Quem seguia em direção ao norte do estado ficou na rodoviária de São Gabriel. Os veículos que estavam em sentido contrário, sem conseguir chegar ao município, pararam em uma borracharia.

O fotógrafo Alexandre Herculano, que estava a caminho de Rondonópolis, relatou que mais de dez ônibus se aglomeraram no terminal. Cerca de 250 pessoas permaneceram durante horas no local que não tinha infraestrutura.

“Estamos em uma rodoviária cujo banheiro cobra R$ 1, mas é ridículo, péssimo e precário. Não tem papel e a pia não funciona. A lanchonete é de beira de estrada. Não tem estrutura para atender todo mundo”, afirma. “Estamos ilhados. Não tem para onde correr. Quem está vindo de outras cidades está ficando sem recursos financeiros para comer”.

Do outro lado do bloqueio, a tia de uma funcionária pública, que pediu para não ser identificada, desistiu de seguir viagem a Campo Grande e pediu a um parente de Rondonópolis para ir buscá-la e levá-la de volta.

“Ela está sem comer desde ontem. Está sem almoço, sem janta e não tem para onde ir. Ela me disse que há muita gente parada e o congestionamento está muito grande”, afirma.

As operações para remoção do guincho começaram no início da manhã. Não há previsão para liberação total da pista.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions