ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 15º

Interior

Comércio é alvo da operação contra o tráfico do "ouro branco" na fronteira

Grupo investigado atuava há pelo menos um ano no transporte de cocaína

Por Geisy Garnes | 28/05/2021 09:20
PF em um dos locais alvo da operação na parte alta de Corumbá (Foto: Diário Corumbaense)
PF em um dos locais alvo da operação na parte alta de Corumbá (Foto: Diário Corumbaense)

Equipes policiais que participam da operação Ouro Branco estiveram em um comércio da parte alta de Corumbá – cidade a 446 quilômetros de Campo Grande – durante ações contra quadrilha especializada no tráfico de cocaína que lucrou pelo menos R$ 15 milhões em um ano. Segundo informações do Diário Corumbaense, um dos suspeitos já foi preso nesta manhã.

As ações são resultado de uma investigação conjunta entre Polícia Federal e Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico). Conforme o site local, pelo menos um mandado de prisão contra integrante da quadrilha foi cumprido. O suspeito foi levado para a Delegacia de Polícia Federal e não teve o nome divulgado pela polícia.

Além disso, foram cumpridos pelo menos três mandados de busca e apreensão, um deles em um estabelecimento comercial na parte alta da cidade. Também foram feitos três pedidos de sequestros de bens dos alvos da investigação. Cerca de R$ 10 mil foram apreendidos, além de mídias e documentações.

O número total de mandados expedidos contra o grupo criminoso não foi divulgado, já que as equipes ainda estão nas ruas.

A Polícia Federal informou apenas que o grupo investigado atuava há pelo menos um ano no transporte do entorpecente a partir da fronteira com a Bolívia por Corumbá para outros estados do País. Nestes cerca de 12 meses, 737 kg de cocaína foram apreendidos com a quadrilha.

O nome da operação faz alusão à cor branca do cloridrato de cocaína.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário