ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Condenado a 12 anos de prisão por matar amigo durante pescaria é preso

Crime aconteceu em julho de 2010 no Assentamento Eldorado e autor não compareceu ao júri

Por Ana Paula Chuva | 09/12/2023 14:39
Daniel foi levado para delegacia e depois encaminhado para presídio (Foto: Divulgação | PM)
Daniel foi levado para delegacia e depois encaminhado para presídio (Foto: Divulgação | PM)

Equipe da PM (Polícia Militar) prendeu Daniel da Cruza Cardoso, 31 anos, condenado a 12 anos de prisão pela morte de Malaquias da Silva José. O crime aconteceu no dia 31 de julho de 2010 às margens de uma lagoa no assentamento Eldorado, em Sidrolândia, cidade a 71 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a investigação, Daniel morava em campo Grande na época do crime e teria ido para Sidrolândia morar com o pai por estar sofrendo ameaças de traficantes de ter roubado ferramentas de uma serralheria.

No dia do crime, Daniel e um funcionário de seu pai foram pescar e na lagoa encontraram Malaquias. Por volta das 18h o autor foi buscar lenha para fazer uma fogueira e quando voltava, já bêbado, atacou a vítima com uma faca.

Logo após matar Malaquias, Daniel obrigou o outro homem a dirigir até Campo Grande onde ser esconderia da Polícia. A gasolina acabou durante o trajeto e ele precisou seguir a pé o caminho até a casa de seu avô no Bairro Santo Eugênio. NO entanto, horas depois se entregou à Polícia.

Ele ficou preso por dez meses e depois foi solto. Em 20212 ele passou foi julgado e condenado a 16 anos de prisão. Ele não compareceu ao júri. Dois anos depois, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul reduziu a pena para 12 anos de prisão em regime fechado. Mas ele não foi encontrado.

Ontem, ele acabou sendo encontrado pela equipe da PM e levado para Delegacia da Polícia Civil da cidade. Agora ele será encaminhado para unidade penal onde cumprirá a pena.

Nos siga no Google Notícias