A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

23/07/2019 20:37

Condenado a 14 anos de prisão por matar mãe e filha no trânsito é solto

Odenir Rodrigues dos Santos estava preso, desde fevereiro de 2017

Adriano Fernandes
Odenir Rodrigues dos Santos. (Foto: Arquivo/Reprodução/Jornal da Nova) Odenir Rodrigues dos Santos. (Foto: Arquivo/Reprodução/Jornal da Nova)

Preso, desde fevereiro de 2017 após ser condenado a 14 anos de prisão por ter matado mãe e filha em um acidente de trânsito em Nova Andradina, Odenir Rodrigues dos Santos, ganhou liberdade da Justiça nesta terça-feira (23) ao ter o seu julgamento anulado.

Após a decisão da Justiça, há dois anos, a defesa do acusado entrou com pedido de revogação da prisão preventiva, alegando ausência dos requisitos “autorizadores da manutenção da prisão cautelar”.

Conforme o advogado do acusado, Eriko Silva Santos de Moraes , que entrou com embargos no TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), os desembargadores decidiram no último dia 4 de junho, que o réu deve passar por um novo júri.

Até lá, ele deve cumprir medidas cautelares como o comparecimento mensal no juízo, proibição de deixar a cidade sem aviso prévio, entre outras. A decisão é da juíza Cristiane Aparecida Biberg de Oliveira.

O caso - O acidente aconteceu no dia 1º de novembro de 2015, em Nova Andradina - distante a 300 km de Campo Grande. Odenir, que estava bêbado, invadiu a pista contrária da MS-156, na cidade, colidindo em uma motocicleta Honda Biz, onde estava Roselene Temoteo Nascimento Labegallini, 43 anos, e Mayra Temoteo Carvalho, 20 anos.

As vítimas foram arrastadas por cerca de 200 metros e morreram no local. A moto ficou presa embaixo da caminhonete. Depois do acidente, o homem fugiu do local, e testemunhas afirmaram que ele estava embriagado. O júri do caso foi o primeiro envolvendo morte no trânsito na cidade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions