A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

24/09/2019 22:15

Conselheira afastada por tentar ajudar na fuga de traficante retorna ao cargo

Adriano Fernandes

Uma Conselheira Tutelar da cidade de Naviraí – a 366 quilômetros de Campo Grande -, que teve seu mandato suspenso no último dia 08 de agosto - após ter interferido em uma investigação da Polícia Civil -, retornou ao cargo por decisão do TJMS (Tribunal Justiça Mato Grosso do Sul). Na ocasião, ainda em 20 de setembro do ano passado a mulher, que não teve a identidade divulgada tentou ajudar na fuga de um homem que estava sendo investigado por tráfico de drogas.

Conforme o Tá Na Mídia Naviraí, os policiais monitoravam a casa de um homem suspeito de estar transportando drogas para o estado do Paraná, quando notaram a mulher se aproximando do local em um veículo. Os policias tentaram abordar o carro, masa condutora tentou fugir e foi abordada na Avenida Bataguassu. Ao ser questionada sobre o porque esteve no local, ela disse que teria ido até a residência, para entregar um papel para a mulher do homem investigado. 

Ela foi liberada e a equipe do SIG voltou a monitorar a casa do suspeito até o momento em que o viram saindo da casa com uma motocicleta e uma maleta em mãos. Ele foi abordado e na maleta os policiais encontraram R$ 31,5 mil, 01 revólver calibre. 38 com 05 munições intactas e 23 porções de cocaína. Na residência do suspeito também foi localizado e apreendido 01 rádio comunicador portátil, uma motocicleta Honda Biz, um caminhão caçamba, uma motocicleta Honda Bros e uma veículo Fiat Strada.

O homem foi encaminhado para o 1ª DP, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, entre outros crimes. Durante as investigações a Polícia Civil descobriu que conselheira tutelar após ser abordada e liberada, ligou para o investigado o alertando. Foi aberta uma ação civil pública contra a conselheira por violação aos princípios administrativos, o que levou a suspensão do cargo da mesma no último dia 08 de agosto de 2019. Agora, com a decisão reformada pelo TJMS, a conselheira pode voltar a exercer suas funções no Conselho Tutelar de Naviraí.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions