ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 16º

Interior

Contorno rodoviário vai melhorar escoamento das "riquezas" de MS, diz Reinaldo

Fruto de um investimento de R$ 25,2 milhões, nova rota tem 7,19 quilômetros e foi inaugurada hoje pelo governador

Por Adriano Fernandes | 10/02/2021 22:09
Vista aére de Porto Murtinho. (Foto: Edemir Rodrigues)
Vista aére de Porto Murtinho. (Foto: Edemir Rodrigues)

Inaugurado nesta quarta-feira (10), o contorno rodoviário de Porto Murtinho, se concretiza diante da expectativa de levar mais desenvolvimento para a região e agilizar o escoamento dos grãos produzidos do Estado. Fruto de um investimento de R$ 25,2 milhões a nova rota tem 7,19 quilômetros e retira o tráfego pesado do centro da cidade, permitindo o acesso de caminhões aos terminais portuários da região, a partir da rotatória com a BR-267. -

“Este novo acesso vai tirar o tráfego de dentro da cidade, além de ser uma oportunidade de geração de empregos e crescimento e melhorias no escoamento das riquezas que são produzidas na região sudoeste do Estado”, comentou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), durante a entrega da obra, nesta quarta-feira.

O contorno vai dar mais rapidez para o trânsito de caminhões aos terminais portuários, contribuindo para o escoamento da produção. O governador destacou que os investimentos na cidade vão contribuir com a rota bioceânica, que vai encurtar o caminho para o Oceano Pacífico. “O maior gargalo sempre foi a logística, que encarece o preço final do produto. Com esta rota vamos crescer muito nas exportações e assim fortalecer nossa economia”, comentou.

Reinaldo Azambuja (PSDB) ao lado de autoridades, durante inauguração da obra. (Foto: Chico Ribeiro)
Reinaldo Azambuja (PSDB) ao lado de autoridades, durante inauguração da obra. (Foto: Chico Ribeiro)

Reinaldo também citou que Mato Grosso do Sul deve ter o maior PIB (Produto Interno Bruto) de crescimento no País e que este projeto em curso vai fazer parte deste cenário.

“Como se encurta o caminho em até 17 dias de viagem de navio, podemos baratear em até 50% os gastos com frete marítimo, o que vai nos ajudar tanto nas exportações, como importações”. Já existe, inclusive, alinhamento e negociação para implantação de novos portos na cidade, segundo o governador.  “Já estamos em conversa com a empresas Navios e PTP e tem outros grupos interessados em abrir portos aqui na cidade, mostrando um horizonte de possibilidades”, adianta.

Para o titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, o governo constatou que era necessário fazer um acesso compatível à região portuária. "Esse anel contorna todo o dique de Porto Murtinho, evitando que essas carretas passem por dentro da cidade”, ponderou.

Durante o ato, o governador assinará convênio com a prefeitura para o repasse de R$ 5 milhões a serem destinados para obras de recapeamento da malha viária urbana. O prefeito de Porto Murtinho, Nelson Cintra, elogiou os investimentos do Estado e as obras que vão melhorar a infraestrutura no município.

“Nossa cidade tem dois eixos de desenvolvimento que são os portos de importação e exportação, além do acesso a rota bioceânica e precisamos de mais apoio para receber as empresas que estão chegando. Somos agora uma cidade de importância nacional”, comentou.

O secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, ressaltou sobre a importância da obra para a economia do estado. “Estamos inaugurando uma janela, uma porta para exportações, para uma nova rota de produção do Estado e parte do Brasil, que vai transformar a cidade por meio da rota bioceânica”, completa.

Outros investimentos - Para além da entrega do contorno rodoviário o governador também entregou em Porto Murtinho, as obras de saneamento básico, que se trata da ampliação e melhorias da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto, além do reservatório de 700m³ e rede de distribuição de água, investimento da Sanesul (Empresa de Saneamento Básico de Mato Grosso do Sul) no valor de R$ 4,8 milhões.

Reinaldo Azambuja fez o descerramento da placa da implantação de uma rotatória, a partir da BR-267, que vai disciplinar o acesso de caminhões ao posto de triagem. O investimento será de R$ 2,5 milhões. Construído pela iniciativa privada, este estacionamento para 400 caminhões faz o controle do fluxo veículos aos portos.



Nos siga no Google Notícias