ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Copiloto de aeronave que transportava cocaína foi preso em matagal

Polícia Militar confirmou que o segundo suspeito foi capturado durante buscas

Por Gabriel Neris e Marta Ferreira | 02/08/2020 15:43
Parte da cocaína apreendida em aeronave usada pelo tráfico (Foto: FAB)
Parte da cocaína apreendida em aeronave usada pelo tráfico (Foto: FAB)

O copiloto da aeronave que pousou em propriedade rural de Ivinhema, a 282 km de Campo Grande, neste domingo (2) foi preso encontrado e capturado pela polícia. O bimotor transportava cerca de 700 toneladas de cocaína.

A ação envolveu caças da FAB (Força Aérea Brasileira) e helicóptero CGPA (Coordenadoria Geral de Policiamento Aéreo) de Mato Grosso do Sul.

O secretário de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, havia confirmado ao Campo Grande News a prisão do piloto.

A droga e os pilotos foram encaminhados para a Polícia Federal de Dourados.

O bimotor B-58 havia sido orientado a pousar no Aeroporto Municipal de Três Lagoas, mas os pilotos não obedeceram e seguiram em fuga até o pouso forçado. Com apoio da Força Tática e Batalhão de Choque da Polícia Militar, os caças seguiram até a Base Aérea de Campo Grande.

Em outra ação simultânea, outros caças da FAB seguiram um monomotor com mais 450 kg de cocaína. A aeronave desceu em Rondonópolis (MT). Piloto e copiloto foram presos.

De acordo com a polícia, a apreensão das duas ações deste domingo representam prejuízo mínimo de R$ 16,5 milhões ao narcotráfico.