ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  19    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Criança denuncia estupro e polícia descobre 2 décadas de abusos na mesma família

Por Clayton Neves | 10/11/2021 16:45
Caso foi registrado e será investigadopela delegacia d Água Clara. (Foto: Polícia Civil)
Caso foi registrado e será investigadopela delegacia d Água Clara. (Foto: Polícia Civil)

Denúncia de estupro feita por uma criança de 10 anos revelou duas décadas de abusos sexuais em uma uma de Água Clara. Depois de a menina revelar ter sido estuprada pelo marido da avó, um homem de 68 anos, a tia dela, de 30 anos, contou que também foi violentada durante toda infância e adolescência pelo mesmo criminoso.

O caso veio à tona depois de a vítima deixar a casa dos avós,no fim do ano passado, e ir morar com o pai. Durante o convívio, a madrasta notou que a criança tinha comportamento estranho e não sorria.

Intrigada, a mulher passou a ganhar a confiança da garota, até ela se sentir confortável para conversar. Para a madrasta, a vítima contou que foi abusada sexualmente várias vezes pelo marido da avó e que os abusos começaram aos 5 anos.

A criança ainda mostrou preocupação com a  prima, de 5 anos, que também frequentava a fazenda onde os avós moram.

Equipe da Polícia Civil e do Conselho Tutelar foi até a casa onde o criminoso estava, com ele, apreenderam um revólver. Ele negou os estupros.

No imóvel, os agentes foram informados de que a criança de 5 anos estava na casa da mãe. Eles foram até a casa da mulher e lá, descobriram que a mãe da menor de idade também havia sido estuprada quando tinha 9 anos.

A mulher disse que, apesar de ter sido abusada pelo homem, não imaginava que a sobrinha e a filha pudessem também ser alvos do homem suspeito.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável e será investigado. A polícia suspeita que outras vítimas possam aparecer.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário