ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Curtume onde 4 morreram pode ser multado em até R$ 50 milhões

Ana Paula Carvalho | 31/01/2012 17:47
Acidente aconteceu no curtume do Marfrig. (Foto: Tiago Apolinário)
Acidente aconteceu no curtume do Marfrig. (Foto: Tiago Apolinário)

O frigorífico Marfrig, proprietário do curtume onde um acidente matou quatro pessoas pode ser multado em até R$ 50 milhões, segundo a PMA (Polícia Militar Ambiental).

Uma equipe da Corporação está no local desde a manhã desta terça-feira. Os policiais aguardam a chegada de novas equipes do Corpo de Bombeiros que vão conter o vazamento, apenas depois disso os policiais poderão avaliar os danos ao meio ambiente.

A Polícia Civil também deve abrir inquérito para identificar os possíveis responsáveis pelo acidente.

O caso - De acordo com o Corpo de Bombeiros, um caminhão descarregava ácido dicloro-propiônico em um tanque submerso quando trabalhadores que estavam próximos passaram mal.

O ácido entrou em contato com a substância que havia no tanque e causou a reação, exalando grande volume de gás tóxico.

O motorista do caminhão percebeu que houve uma reação química e então fechou a válvula de descarregamento e se afastou do local.

Três funcionários que estavam em uma estrutura acima do tanque caíram desmaiados. Um quarto trabalhador tentou descer pelas escadas, mas, também ficou inconsciente. Os quatro morreram no local.

Outros trabalhadores que estavam próximos passaram mal: dois foram levados pelo Corpo de Bombeiros em estado gravíssimo para o hospital de Presidente Prudente, São Paulo, com escolta da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e 12 estão em observação na unidade de saúde de Bataguassu.

Nos siga no Google Notícias