ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 23º

Interior

De queijo a charque, polícia leva 1 tonelada em frios clandestinos de comércio

O dono do comércio, um homem de 55 anos, foi preso em flagrante

Por Ana Beatriz Rodrigues | 21/02/2024 13:35
Todos os produtos apreendidos foram levados para a sede da Decon (Foto: Direto das Ruas)
Todos os produtos apreendidos foram levados para a sede da Decon (Foto: Direto das Ruas)

Operação conjunta de policiais da Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) e fiscais agropecuários da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) apreendeu mais de 1 tonelada de produtos de origem animal impróprios para consumo humano na manhã desta quarta-feira (21) em Ponta Porã, município que fica a 313 km da Capital.

A mercadoria foi apreendida em uma distribuidora de alimentos após denúncia anônima e o dono do comércio, um homem de 55 anos, foi preso em flagrante.

A polícia foi até o local para verificar a denúncia de venda de "muçarela argentina", mas assim que chegou no estabelecimento encontrou produtos clandestinos, sem registro de inspeção, carnes congeladas importadas sem o registro de importação, além de cigarros de origem estrangeira.

O que mais chamou atenção dos investigadores foi que no local havia peças de muçarela com o rótulo de uma empresa que não vende mais alimentos, o que deixa claro que o produto é falsificado.

Diversos alimentos que estavam na distribuidora foram apreendidos, como, por exemplo: doce de leite, ovos, mel e outros tipos de frios. Um caminhão da Decon foi até o município fazer a apreensão, que totalizou 1.625,843kg.

Nos siga no Google Notícias