A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

27/08/2018 09:16

Defesa pede liberdade para lutador de MMA preso pela morte do filho

Mesmo com confissão da madrasta, que admitiu ter pisado no menino “com força”, delegado indiciou o pai por maus tratos

Helio de Freitas, de Dourados
Joel Santos e Jessica Ribeiro estão presos há 11 dias (Foto: Arquivo)Joel Santos e Jessica Ribeiro estão presos há 11 dias (Foto: Arquivo)

O advogado Vitor Cesar Cáceres de Freitas entrou com pedido de liberdade provisória para o lutador de MMA Joel Rodrigo Ávalo Santos, 24, o “Joel Tigre”, preso há 11 dias acusado de maus tratos contra o próprio filho, Rodrigo Moura Santos, de um ano e meio, que morreu de hemorragia interna no dia 16 deste mês em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

Joel e a madrasta da criança, Jessica Leite Ribeiro, 21, foram autuados em flagrante e tiveram a prisão preventiva decretada após o legista da Polícia Civil comprovar que o menino morreu em decorrência dos maus tratos.

Na quinta-feira (23), Jessica confessou ter pisado de propósito na criança em um ataque de raiva. Ela disse que não tinha a intenção de matar o menino, mas confessou ter pisado com força na barriga da criança, que chorava de cólica provocada por prisão de ventre.

Ela também disse ter pisado “acidentalmente” nas costelas do menino. A perícia constatou que a criança teve laceração de fígado e fratura nas costelas.

Jessica isentou Joel Santos e disse que ele não estava em casa quando a criança morreu. Ela foi indiciada por homicídio qualificado, mas o delegado Francis Flávio Tadano Araújo Freire manteve o indiciamento do pai do menino por maus tratos.

Segundo o policial, apesar do depoimento de Jessica isentando o marido dos fatos que levaram a criança à morte, o bebê tinha marcas de maus tratos recentes e sinais de que era agredido há vários meses.

Joel está preso na PED (Penitenciária Estadual de Dourados). O pedido de liberdade provisória será avaliado pelo juiz da 3ª Vara Criminal. Jessica continua recolhida na 1ª Delegacia de Polícia de Dourados e deve ser levada para um presídio feminino nesta semana.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions