ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  16    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Denúncia de roubo de gado leva a resgate de trabalhadores em fazenda

Por Aline dos Santos | 20/12/2013 07:05
Alojamentos dos trabalhadores. (Foto: Valéria França)
Alojamentos dos trabalhadores. (Foto: Valéria França)

Investigação sobre denúncia de roubo de gado levou ao flagrante de trabalho em condições degradantes na fazenda São Sebastião, localizada na região do Porto da Manga, em Corumbá.

Três funcionários foram resgatados em operação conjunta, realizada nos dias 17 a 18 de dezembro pelo MPT (Ministério Público do Trabalho), Ministério do Trabalho, Polícia Civil e PMA (Polícia Militar Ambiental).

Conforme a assessoria de imprensa do MPT, a inspeção foi realizada após denúncia de submissão de trabalhadores à condição análoga a de escravo. A Polícia Civil de Corumbá identificou a situação em diligências destinadas a apurar denúncia de roubo de gado.

Os funcionários trabalhavam sem registro em carteira, sem salários e alojados em barracos. A alimentação fornecida era precária e escassa, não havia instalações sanitárias e a água para consumo vinha do rio, onde também tomavam banho.

Conforme o procurador do trabalho Paulo Douglas Almeida de Moraes, as condições eram subumanas e os trabalhadores tinham seu direito de locomoção cerceado pelo empregador. Para sair do local, eles necessitariam de embarcação, que não era disponibilizada pelo proprietário da fazenda.

Os trabalhadores foram alojados pela Prefeitura e inscritos no programa Seguro Desemprego. O empregador não foi localizado. A fazenda tem 28 mil hectares.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário