A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Setembro de 2017

17/07/2017 10:58

Deodápolis ganha reforço de quatro pontes para escoar produção rural

Paulo Nonato de Souza
Ponte de concreto sobre o córrego Ari, no município de Deodápolis (Foto( Agesul/Divulgação)Ponte de concreto sobre o córrego Ari, no município de Deodápolis (Foto( Agesul/Divulgação)

O Governo do Estado investiu R$ 2,9 milhões na construção de quatro pontes de concreto sobre os córregos Ari, Bezerra, Dona Terezinha e Tiquim, no município de Deodápolis, distante 263 km de Campo Grande. As quatro pontes já foram inauguradas.

Município de economia essencialmente rural, com foco na produção de cana-de-açucar, as quatro pontes de concreto representam mais segurança para o escoamento da produção na região. Segundo a Agesul (Agência Estadual de Gestão e Empreendimentos), a primeira ponte foi construída sobre o xórrego Ari, na estrada 15, com 12 metros de comprimento por seis de largura, e investimento de R$ 633,8 mil.

Na sequência, foram construídas a ponte sobre o Córrego Bezerra, na estrada 18, com 12 metros de extensão por seis de largura e investimento de R$ 933,3 mil, a ponte sobre o Córrego Dona Terezinha, a estrada 17, de 15 metros de comprimento por seis de largura, a estrada 17, ao custo de R$ 680,8 mil, e a ponte sobre o Córrego Tiquim, na estrada 15, com 12 metros de comprimento por seis de largura, que recebeu investimento de R$ 670,4 mil.

Ainda de acordo com a Agesul, as quatro pontes foram construídas com recursos do Governo do Estado e da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. Até o final do seu mandato, em dezembro de 2018, o governador Reinaldo Azambuja estima construir 90 pontes de concreto em 39 municípios com investimento de mais de R$ 104 milhões.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions