ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SÁBADO  02    CAMPO GRANDE 27º

Interior

Depois de 11 dias internado, morre 2ª vítima baleada em jogo de baralho

Viviane Oliveira | 20/06/2015 08:26
Luiz Rodrigo (camiseta azul), morreu no mesmo dia e o outro, Alexsandro faleceu ontem na Santa Casa. (Foto: Reprodução Facebook)
Luiz Rodrigo (camiseta azul), morreu no mesmo dia e o outro, Alexsandro faleceu ontem na Santa Casa. (Foto: Reprodução Facebook)

Morreu na tarde de ontem (19), na Santa Casa de Campo Grande, Alexsandro da Mota Ribeiro, 31 anos. Ele estava internado na unidade de saúde desde o dia 8 de junho, quando foi baleado na cabeça, em Corumbá, distante 419 quilômetros da Capital.

Alexsandro é a segunda vítima que morreu baleada durante um jogo de baralho na madrugada do dia 8. O rapaz estava junto com o amigo, Luiz Rodrigo de Souza Carvalho, 30 anos, quando depois de uma briga os dois foram atingidos a tiros na cabeça. O crime ocorreu na rua Edu Rocha, no bairro Nova Corumbá.

Luiz foi socorrido, mas morreu no mesmo dia no hospital da cidade, Alexandro, também baleado na cabeça, foi transferido para a Santa Casa, onde morreu. Um amigo das vítimas contou ao jornal Diário Corumbaense que um dos homens que jogava baralho no bar se irritou ao perder no jogo e ficar devendo R$ 20.

Quando perdeu novamente, o acusado começou a briga, sacou a arma e deu dois tiros, conforme Gladstone Ortiz, 27 anos, que estava no local. Conforme Gladstone, o amigo Luiz Rodrigo era uma pessoa tranquila que não se envolvia em confusão.

Investigação - Ao Diário Corumbaense, o delegado de Polícia Civil, Sam Ricardo Suzumura, informou que o suspeito do crime, João Pedro Suarez Arguelho, 20 anos, se apresentou, foi ouvido e liberado, pois havia passado o período de flagrante.

O segundo envolvido, Luiz Gustavo da Silva, 23 anos, é considerado como testemunha. Em depoimento, ele afirmou que quem fez os disparos foi o João Pedro. O autor, que agora com a morte do Alexsandro, deverá responder por homicídio duplamente qualificado, se apresentou à polícia junto com o advogado.

Nos siga no Google Notícias