ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Depois de perseguido, homem é esfaqueado e morre em frente de bar

Homem, identificado apenas como Alvaro, foi perseguido e morto por três homens

Por Ana Paula Chuva | 16/03/2021 16:36
Calçada com respingos de sangue da vítima. (Foto: Aurélio Ramos | Jardim MS News)
Calçada com respingos de sangue da vítima. (Foto: Aurélio Ramos | Jardim MS News)

Um homem, identificado apenas como Álvaro, de 28 anos, foi morto na madrugada desta terça-feira (16) na Vila Angélica Dois, em Jardim, a 239 quilômetros de Campo Grande. Dois dos suspeitos do crime já foram presos. Um terceiro acusado está sendo procurado.

De acordo com o registro policial, equipe da PM (Polícia Militar) foi acionada para atender a ocorrência no bar localizado na Rua Márcia Valéria Freitas.  No local os policiais encontraram o rapaz caído perto do meio fio já morto. Equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e constatou o óbito.

Um casal que estava no bar contou à polícia que conhecia a vítima e viram ele sendo perseguido por aproximadamente cinco homens. Segundo as testemunhas, quando chegaram no bar, dois homens desferiram os golpes de faca em Álvaro que caiu no chão. Em seguida, os homens fugiram a pé.

Bar onde Alvaro foi morto nesta madrugada. (Foto: Aurélio Ramos | Jardim MS News)
Bar onde Alvaro foi morto nesta madrugada. (Foto: Aurélio Ramos | Jardim MS News)

Segundo a delegada Allana Zarelli, responsável pelas investigações, Alvará foi atingido por vários golpes de três homens entre 18 e 30 anos. "Os primeiros golpes foram nas costas da vítima, deixando clara a traição", diz em nota.

Os autores fora identificados e um deles foi preso em flagrante depois do crime que aconteceu por volta da 00h30. Horas depois a polícia civil prende o segundo autor e ambos foram levados para a delegacia. O terceiro homem está sendo procurado.

Ainda conforme a delegada, os homem foram autuados pelo crime de homicídio qualificado pela traição e a polícia vai representar pela prisão preventiva dos três. (Colaborou Ana Beatriz Rodrigues)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário