A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/05/2016 17:52

Detento é encontrado morto em pavilhão comandado pelo PCC

Agepen informou que presidiário foi encontrado morto, encostado em parede do raio 2; outro caso semelhante ocorreu em abril

Helio de Freitas, de Dourados

Mais um interno foi encontrado morto na penitenciária estadual de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) informou que Patrick Ferreira da Silva, 37, foi encontrado pelos agentes, encostado na parede do raio 2 – pavilhão onde ficam detentos ligados a facções e dominado pelo PCC (Primeiro Comando da Capital).

Outro caso semelhante ocorreu no dia 26 de abril deste ano, quando o presidiário Tiago da Luz da Silva, 29, foi encontrado morto, também no raio 2 e, assim como Patrick, não apresentava ferimentos.

A Agepen informou que está apurando as circunstâncias da morte de Patrick da Silva. Ele foi encontrado por volta de 16h30 de hoje, na quadra do pavilhão, durante o fechamento do banho de sol dos internos.

Segundo a direção do presídio, o corpo estava encostado numa parede, sem lesões ou ferimentos aparentes. O local foi isolado e o perito da Coordenadoria Geral de Perícias foi chamado para os levantamentos necessários e coleta de provas. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Conforme a Agepen, Patrick Ferreira da Silva estava preso na PED desde 13 de março deste ano, após ser transferido da Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande. Ele cumpria pena por furto qualificado e homicídio.

A suspeita de policiais e agentes penitenciários é que Patrick, assim como Tiago, tenha sido vítima do chamado “Gatorade”, uma mistura de água com crack e cocaína que os internos têm usado para matar desafetos sem deixar ferimentos aparentes. O produto provoca morte por overdose.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions