ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, SÁBADO  06    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Dois são presos após discussão e polícia encontra submetralhadora

Submetralhadora é de paraguaio que tentou matar casal após discussão

Por Mirian Machado | 23/01/2021 12:33
Submetralhadora foi apreendida com 20 munições intactas e duas deflagradas (Divulgação)
Submetralhadora foi apreendida com 20 munições intactas e duas deflagradas (Divulgação)

Dois são detidos após madrugada envolver discussão, invasão e submetralhadora argentina no Jardim Marambaia em Ponta Porã, cidade há 323 km de Campo Grande. A historia ainda cheia de contradições está sendo investigada pela Polícia Civil..

Conforme apurado pelo portal Ponta Porã News, um casal de Campo Grande teria alugado um veículo Volvo e ido para à cidade fronteiriça, onde conheceram um paraguaio de 31 anos. Ambos foram para uma festa e na volta o estrangeiro teria tentado matar o casal para ficar com o veículo.

O rapaz de 28 anos fugiu e se escondeu em uma casa. A polícia foi acionada pelos proprietários da residência. A vítima estava com vários ferimentos.

Próximo do local, a PM encontrou uma motocicleta Taiga e uma submetralhadora calibre 9 milímetros da marca Luger de fabricação argentina com 20 munições intactas e duas deflagradas. Neste momento, outra equipe policial foi acionada até o Hospital Regional do município, onde um paraguaio tinha dado entrada com vários ferimentos.

O homem havia dado nome falso e estava sendo atendido. À polícia, ele confessou que cumpria pena em regime semiaberto e estava com submetralhadora. O estrangeiro ainda contou que usava droga com um outro homem quando ocorreu um desentendimento e tentou matar o rapaz, atirando duas vezes, como não acertou, ambos começaram a brigar.

Na ocasião ambos foram detidos. A mulher e o veículo não foram localizados. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário