A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

09/10/2018 19:37

Doméstica acorda de coma dois dias após ser atropelada por ônibus

Izabel Rosa da Silva, de 40 anos, teve fraturas múltiplas pelo corpo e quatro dedos do pé mutilados no acidente

Adriano Fernandes
Equipes fazendo um primeiro atendimento a vítima. (Foto: JP News) Equipes fazendo um primeiro atendimento a vítima. (Foto: JP News)

Dois dias depois de ficar em coma após ter sido atropelada por um ônibus, a doméstica Izabel Rosa da Silva, de 40 anos, acordou, nesta segunda-feira (08) em Três Lagoas, cidade a 338 quilômetros de Campo Grande. O acidente ocorreu na manhã do último sábado (6), na Rua Rafael de Haro.

Izabel teve fraturas múltiplas pelo corpo e quatro dedos do pé mutilados no acidente. Desde então ela está internada no Hospital Auxiliadora. Izabel ficou presa embaixo do ônibus até ser socorrida por bombeiros militares e paramédicos do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência). A doméstica tem três filhos e ainda não tem previsão de alta médica.

Segundo o seu marido, o pedreiro Antônio Ramos, a esposa "mexeu os olhos um pouco e já consegue mexer um pé e a mão. Por sorte não teve ferimentos na cabeça”, disse ao JP News, nesta terça-feira (09).

Antônio ainda contou que no dia do acidente, estava trabalhando em uma obra, quando parentes de São Paulo, teriam o ligado após ter visto a notícia pelas redes sociais. Assim que recebeu a informação, ele disse até ter duvidado.

“Achei que era brincadeira. Liguei no celular dela, mas não atendia. Somente depois, quando a Polícia me ligou, comecei a ficar desesperado”, acrescentou. Hoje ele foi a 3ª Delegacia de Polícia na cidade, registrar o boletim de ocorrência para dar entrada no seguro de DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres).

Não há detalhes de como ocorreu o acidente, mas após o ocorrido ele foi procurado pela técnica em acidente de trabalho da empresa de ônibus que lhe pediu para aguardar o retorno de um gerente, que está em viagem, para tratar de questões jurídicas.

A reportagem do site no interior também tentou contato com a empresa, mas não obteve retorno. O caso também é investigado pela 3ª Delegacia de Polícia.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions