A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

04/10/2011 18:01

Duas empresas de SP anunciam a Murilo investimento em Dourados

Edmir Conceição

Prefeito recebeu nesta terça os empresários de São Paulo; localização estratégica atrai empresas das áreas de serviços e setor metal-mecânico

Prefeito Murilo Zauith em reunião com empresários paulistas interessados em invesdtir em Dourados. (Foto: A. Frota)
Prefeito Murilo Zauith em reunião com empresários paulistas interessados em invesdtir em Dourados. (Foto: A. Frota)

O prefeito Murilo Zauith recebeu nesta terça-feira à tarde, diretores de mais duas empresas paulistas que já decidiram investir em Dourados, no setor sucroenergético.

Ricardo M. Dittmer e Verner Dittmer, da Megh Waxes & Emulsions, e Marco Antônio Fávero, presidente da Brumazi Caldeiras, discutiram com Murilo os incentivos para os investimentos.

O projeto mais arrojado é o da Megh, fabricante de ceras e emulsões, que vai transferir para Dourados as suas três unidades localizadas em São Paulo (capital) e Porto Feliz, interior paulista. A decisão de Ricardo é em função da mudança do foco do negócio, que passará a ser voltado para a exportação. A empresa vai produzir em Dourados e exportar pelos portos de Concepción no Paraguai e Paranaguá no Paraná.

A outra empresa é a Brumazi, fabricante de equipamentos industriais para açúcar e etanol, energia, mineração, siderurgia, celulose e papel, petroquímica, cimento e bebidas. Para a área de cana-de-açúcar, a empresa fabrica vários equipamentos, entre eles caldeiras de alta capacidade. A empresas está localizada em Sertãozinho (SP).

De acordo com Carlos Alberto Reze, do Grupo Personality, empresa de assessoria tributária que está apoiando o Estado na busca de novas empresas, cada investimento neste primeiro momento ficará entre R$ 20 milhões e R$ 60 milhões, com posterior ampliação. Cada uma deve gerar entre 150 e 180 empregos diretos. De acordo com Carlos Alberto, várias outras empresas já têm visitas agendadas a Dourados.

Depois da reunião com Murilo, os empresários foram ao Distrito Industrial de Dourados para conhecer a disponibilidade de terrenos. A Megh pleiteia uma área de 100 mil metros quadrados e a Brumazi um terreno de 200 mil m².

Nesta quarta-feira os empresários seguem para Campo Grande, acompanhados da secretária de Agricultura, Indústria e Comércio de Dourados Neire colman, para uma reunião com a secretária estadual de Produção Maria Tereza Cristina Correia da Costa, para tratar da doação do terreno e dos incentivos do Estado.

MÃO-DE-OBRA - O prefeito Murilo Zauith garantiu aos empresários todo o apoio em Dourados. Inclusive falou dos programas de qualificação de mão-de-obra. “Vamos firmar um convênio com entidades de Sertãozinho e com as universidades para a preparação de mão-de-obra qualificada aqui”, afirmou.

Murilo também lembrou da logística de Dourados. “Dourados está próxima do Paraguai. A soja chegou até aqui e hoje está no Paraguai; assim será com a cana-de-açúcar. Quem investir aqui tem o mercado da região e terá também o Paraguai depois”, disse o prefeito aos empresários.

Ele falou ainda das ferrovias, uma que ligará Dourados até Paranaguá e a outra ligando Dourados a São Paulo. Também falou aos empresários da possibilidade do uso do porto de Concepción, no Paraguai.

Adolescente é espancado e morto por colegas de cela em Unei
Adolescente de 15 anos foi encontrado morto em uma das celas da Unei (Unidade Educacional de Internação) de Três Lagoas, distante 326 km de Campo Gra...
Homem de 50 anos morre em disputa por estabelecimento comercial
Um homem de 50 anos foi morto a tiros, na noite de ontem (23), em um bar da Vila Carmem, no município de Rio Verde, a 204 km de Campo Grande. Aldo Jo...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions