A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

07/01/2016 11:45

Em dois dias, polícia apreende contrabando de R$ 160 mil na fronteira

Caroline Maldonado
Santana tinha 850 pacotes de cigarro de origem paraguaia, avaliados em aproximadamente R$ 40 mil (Foto: Divulgação/DOF)Santana tinha 850 pacotes de cigarro de origem paraguaia, avaliados em aproximadamente R$ 40 mil (Foto: Divulgação/DOF)

Policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) fizeram apreensão de mais de R$ 160 mil em produtos de contrabando, ou seja, proibidos e fiscalizados e também de descaminho, que são oriundos de sonegação fiscal. O material do Paraguai e da Bolívia foi apreendido em vários locais da fronteira de Mato Grosso do Sul, entre ontem e hoje (7).

Ontem (6) pela manhã, durante bloqueio policial na MS-164, próximo ao trevo de Antônio João, foi abordado um caminhão Mercedes Benz com placas de Itaporã/MS, com 16 pneus de caminhão, produto de contrabando do Paraguai. A carga foi avaliada em R$ 24 mil. O veículo era conduzido por Itamar Virgílio Bitencourt, 57 anos, morador em Ponta Porã.

Durante a tarde do mesmo dia, o patrulhamento itinerante de fronteira na linha internacional próximo a cidade de Iguatemi, resultou na abordagem de um veículo VW Santana com placas de Iguatemi com 850 pacotes de cigarro de origem paraguaia, avaliados em aproximadamente R$ 40 mil. O motorista era Edson Aparecido Furini, 59 anos, morador em Iguatemi.

Por volta das 21h, durante bloqueio policial na BR-267, próximo a Maracaju, outra equipe do DOF abordou os veículos GM Ômega, com placas de Três Lagoas e um Fiat Tempra com placas de Campo Grande. A vistoria encontrou 102 pneus do Paraguai. A carga foi avaliada em mais de R$ 20 mil. O primeiro carro era conduzido por Estefano Romeiro Ribeiro, 36 anos, morador em Campo Grande e o segundo por Nilson Ribeiro Jaques, 46 anos, que também mora na Capital.

Na madrugada de hoje (7), durante bloqueio policial na BR-262, próximo a Corumbá, um veículo VW Santa, com placas de Corumbá, foi flagrado com 12 fardos contendo peças de vestuário, sem a documentação de sua legal importação e desembaraço alfandegário, por isso considerado produto de descaminho da Bolívia. A carga foi avaliada em R$ 80 mil. Todo o material apreendido foi entregue à Receita Federal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions