ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 12º

Interior

Em fuga, traficante bate em carro de propósito e tira viatura da estrada

“Cavalo doido” foi perseguido por 30 km na BR-163 entre Caarapó e Dourados

Por Helio de Freitas, de Dourados | 17/03/2021 17:48
Viatura saiu da pista após colidir com Gol atingido por Toro de traficante (Foto: Divulgação)
Viatura saiu da pista após colidir com Gol atingido por Toro de traficante (Foto: Divulgação)

Com uma picape Fiat Toro lotada de maconha, traficante fugiu por 30 quilômetros de policiais rodoviários federais nesta quarta-feira (17) e provocou dois acidentes na BR-163, no entre Caarapó e Dourados.

Mesmo com o veículo alvejado por tiros disparados pelos policiais, o “cavalo doido” (como são chamados os motoristas do tráfico que fogem da polícia) provocou dois acidentes na estrada para tentar escapar.

De propósito, o traficante bateu em um Gol próximo ao trevo de acesso à Embrapa Agropecuária Oeste. Desgovernado, o carro atingiu o Renault Fluence preto, usado como viatura pelos policiais rodoviários federais.

“Estou todo dolorido”, disse o inspetor Waldir Brasil Junior, chefe da PRF em Dourados e que estava na direção do Fluence. A viatura foi jogada para fora da pista e o Gol parou na grama ao lado da estrada.

O condutor da Toro com placa do Paraguai continuou a fuga em direção ao perímetro urbano de Dourados. No trevo da BR-163 com a BR-463, foi cercado por outras viaturas e preso. Os fardos de maconha ocupavam a carroceria e o espaço dos bancos traseiros.

Veja o vídeo:

Dois batedores de estrada que seguiam em uma SUV branca da Toyota, com placa do Paraguai, também foram presos. A droga e os traficantes foram levados para a delegacia da PRF na saída de Dourados para Campo Grande. Ainda não há informação sobre a identidade dos presos e a quantidade da droga.

Gol atingido por carro com droga bateu em viatura e saiu da pista (Foto: Divulgação)
Gol atingido por carro com droga bateu em viatura e saiu da pista (Foto: Divulgação)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário