A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/03/2016 13:54

Empresários, advogados e até o bispo se unem para protesto contra corrupção

Helio de Freitas, de Dourados
Reunião na Associação Comercial definiu evento de domingo à tarde em Dourados (Foto: Divulgação)Reunião na Associação Comercial definiu evento de domingo à tarde em Dourados (Foto: Divulgação)

Empresários e advogados vão se unir ao protesto contra a corrupção, marcado para domingo à tarde em Dourados, a 233 km de Campo Grande. A decisão foi tomada em reunião na Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) e marca o retorno da entidade nas manifestações, já que a última realizada no ano passado no país não aconteceu na cidade.

Durante a reunião, a Aced decidiu se unir à mobilização nacional contra a corrupção, assim como a Acomac (Associação dos Comerciantes de Material de Construção), Sindicato dos Contabilistas, 4ª Subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), MS Peixe e a diocese de Dourados, representada na reunião pelo bispo diocesano Dom Henrique de Lima.

De acordo com a assessoria da Aced, em Dourados a concentração será às 15h30 na Avenida Presidente Vargas, entre Marcelino Pires e Joaquim Teixeira Alves.

Após o Hino Nacional, os manifestantes planejam sair em passeata pela Marcelino Pires até as portas da igreja catedral, onde haverá um ato ecumênico celebrado pelo bispo e pelo Conselho de Pastores. No local também será lida uma carta-manifesto redigida pela OAB.

“Nós precisamos passar o Brasil a limpo e investigar onde for preciso para acabar de vez com a corrupção. O povo brasileiro precisa apoiar a Polícia Federal e toda a Justiça para que façam seu trabalho”, afirmou o presidente da Associação Comercial, Antônio Nogueira. “Apareça antes que você desapareça”, pediu ele aos empresários locais.

Apoio da igreja – Na reunião, o bispo Dom Henrique de Lima se comprometeu a convocar os fieis da igreja católica presentes nas missas de sábado à noite e domingo pela manhã. O objetivo dos organizadores é reunir o maior número possível de pessoas nesta mobilização e mostrar a insatisfação diante do atual cenário político e econômico do país.

Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Agetran (Agência de Transporte e Trânsito de Dourados) já foram acionados para oferecer segurança aos manifestantes durante a mobilização de domingo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions