A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/11/2015 11:49

Erros de Inglês e Português em placas de sinalização geram polêmica

Caroline Maldonado
Placas foram colocadas com erros de Português e traduções diferentes (Foto: Diário Corumbaense)Placas foram colocadas com erros de Português e traduções diferentes (Foto: Diário Corumbaense)

Erros na escrita do Inglês e até de Português em placas de sinalização geraram polêmica em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande. Alguns moradores perceberam os equívocos, mas o caso ganhou destaque depois que o diretor do campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Edgar Aparecido da Costa, enviou mensagem a segmentos do setor de turismo e imprensa, pois a universidade havia fornecido uma tradução para a execução do trabalho.

O prefeito Paulo Duarte (PT) explicou que as equipes da Fundação de Turismo e da Secretaria de Infraestrutura são responsáveis pela execução do projeto, porém as placas foram finalizadas por uma empresa que descartou as traduções enviadas pela universidade.

Segundo o jornal Diário Corumbaense, o prefeito emitiu nota a imprensa da cidade esclarecendo a situação. Duarte lamentou o fato e disse que a prefeitura já tomou “medidas enérgicas para sanar os problemas ocorridos com uma mínima parte das placas de sinalização turística”.

O prefeito informou que a empresa responsável pela confecção das placas já foi notificada e fará correção e troca sem custos para a prefeitura. Duarte reconheceu o trabalho de tradução feito pela professora Regina Baruki e acompanhado pela Fundação de Turismo. “Aliás, a professora Regina sempre foi uma parceira de grande valor para a Prefeitura de Corumbá, independente das dificuldades enfrentadas”, ressaltou.

De fato, a tradução da universidade não foi utilizada nas placas, conforme informou a professora Regina ao jornal da cidade. Ela disse que fez as traduções a pedido do diretor do Campus do Pantanal, mas constatou que o trabalho feito por ela não foi utilizado pela empresa. O diretor do campus afirmou estar “profundamente chateado”, porque a universidade foi procurada para fazer a tradução e atendeu a solicitação gratuita e prontamente.

Desde o início de novembro, estão sendo instaladas 37 placas direcionais que mostram com setas os pontos turísticos da cidade. As placas têm erros de Português, como “Alxiliadora”, em referência ao Santuário Nossa Senhora Auxiliadora. No Inglês, a tradução utilizada foi “N. S. Helper's Santuary”. Uma das placas indicaJuqueira Strong" e outra “Junqueira Fortress”, em menção ao Forte Junqueira.



O que era para orientar os turistas virou motivo de chacota e piadas entre os visitantes da cidade branca,

Pois hoje todo mundo tem acesso a internet, e ninguém da prefeitura conferiu essas placas antes delas serem instaladas,

Resumindo, prefeito e funcionários incompetentes.
 
wild em 18/11/2015 12:48:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions