A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

01/11/2018 19:24

Estudantes são presas por espalhar cartazes contra Bolsonaro

Conforme as 5 jovens outros grupos planejam intervenções do tipo pela cidade

Adriano Fernandes
Jovens andavam pela cidade em um veículo. (Foto: Dourados News) Jovens andavam pela cidade em um veículo. (Foto: Dourados News)

Cinco estudantes universitárias foram presas por volta das 1h30 da madrugada desta quinta-feira (01) enquanto colavam cartazes com dizeres contra o fascismo e principalmente sobre o presidente eleito no domingo (28), Jair Bolsonaro (PSL) por ruas e avenidas de Dourados, cidade que fica a 233 quilômetros de Campo Grande.

Os atos ocorreram em locais públicos e vários pontos de ônibus, entre eles, na Avenida Marcelino Pires com a Rua Firmino Vieira de Matos e na mesma avenida, mas no cruzamento com a Rua Doutor Camilo Hermelindo da Silva.

Além de acordo com a Guarda Municipal da cidade, muros de empresas também foram pichados como o da Associação Médica em frente ao Hospital Universitário. De acordo com o site Dourados News, as jovens estavam agindo em um carro prata.

A abordagem aconteceu durante rondas na região da unidade hospitalar. Elas foram flagradas durante a madrugada e ainda tentaram fugir quando avistaram a viatura. 

No entanto, foram alcançadas e confessaram que estavam realizando pichações e colocando cartazes com frases como ‘Ele não me representa’, contra o fascismo e imagens comparando o Bolsonaro com o Adolf Hitler.

Ainda conforme o quinteto, outros grupos para realizarem intervenções do tipo foram organizados em Dourados. Dentro do veículo em que estavam as universitárias foram encontradas várias latas de tinta spray pretas, latas de cola e vários cartazes.

Elas ainda levaram os guardas a outros pontos pichados da cidade, como na Igreja do Relógio, ponto de Ônibus do Hospital Universitário e a calçada de uma empresa particular. Elas foram encaminhadas à Delegacia da cidade e devem responder a processo pelo crime de vandalismo.

Cartazes tem dizeres contra o candidato e o fascismo. (Foto: Dourados News)Cartazes tem dizeres contra o candidato e o fascismo. (Foto: Dourados News)


Belo exemplo dado pelo futuro do Brasil. Jovens de cabeças vazias, isso é o que está se produzindo atualmente. Devem restaurar tudo o que danificaram, para aprender a respeitar o bem público e privado de terceiros que nada tem a ver com o inconformismo delas.
 
Célio Rosa em 03/11/2018 20:36:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions