A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Junho de 2017

18/11/2011 21:13

Exército encontra maconha com indígena na MS-289 em Amambai

Paulo Fernandes
Maconha era transportada de bicicleta; ela estava em uma mochila (Foto: A Gazeta News)Maconha era transportada de bicicleta; ela estava em uma mochila (Foto: A Gazeta News)

O Exército prendeu nesta sexta-feira, na rodovia MS 289, em Amambai (360 km de Campo Grande), um indígena da etnia guarani-kaiowá de 31 anos, que estava transportando 6,7kg de maconha.

A equipe do Exército trabalhava em uma barreira sanitária, no posto da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), entre Coronel Sapucaia e Amambai.

Os militares dão apoio aos agentes sanitários na fiscalização de cargas de animais, derivados e produtos de origem vegetal oriundos da fronteira com o Paraguai. A ação é de prevenção à febre aftosa.

No entanto, eles desconfiaram do indígena que andava de bicicleta. Eles abordaram o índio e localizaram os tabletes da droga em uma mochila.

O indígena é da aldeia Te’Yikuê, em Caarapó. Segundo o site A Gazeta News, ele afirmou que seguia a Coronel Sapucaia para visitar uma tia, na aldeia Taquapery, quando foi abordado por dois paraguaios. Eles ofereceram dinheiro, diz, para o transporte da droga até Amambai.

Os índios guarani-kaiowá estão entre os mais vulneráveis em Mato Grosso do Sul, principalmente pelas diferenças culturais e o confinamento.




"Essa tribo é atrasada demais
Eles querem acabar com a violência
Mas a paz é contra a lei e a lei é contra a paz"
E o cachimbo do índio continua proibido
Mas se você quer comprar é mais fácil que pão
Hoje em dia ele é vendido pelos mesmos bandidos
Que mataram o velho índio na prisão
 
Juliáo Campos em 20/11/2011 10:11:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions