A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

11/09/2016 19:44

Fazendeiro é multado em R$ 18 mil por construir dreno no rio Iguatemi

Nyelder Rodrigues
Parte da valeta usada como dreno pelo fazendeiro no trecho do rio Iguatemi que corta a propriedade dele (Foto: Divulgação/PMA)Parte da valeta usada como dreno pelo fazendeiro no trecho do rio Iguatemi que corta a propriedade dele (Foto: Divulgação/PMA)

Um fazendeiro foi multado em R$ 18 mil em Mundo Novo - município localizado a 476 km de Campo Grande - pela PMA (Polícia Militar Ambiental) após a destruição de áreas de matas ciliares, protegidas por lei, ter sido flagrada em fiscalização realizada pela equipe no rio Iguatemi.

Conforme a PMA, o proprietário rural tem 51 e é de Cuiabá (MT). No local, foi encontrada uma valeta usada como dreno, construída sem autorização do órgão ambiental responsável.

Além disso, os militares perceberam que o rio não possuía matas ciliares no trecho que passa pela propriedade alvo da fiscalização. Em medição no GPS, foi constatado que a área protegida afetada somou três hectares.

Os policiais conseguiram contato com o fazendeiro, que justificou a situação dizendo que construiu o dreno para evitar que a água do rio inundasse as áreas de pastagens da propriedade rural. Assim, as atividades no local foram paralisadas.

O fazendeiro foi autuado administrativo e recebeu a multa. Segundo a PMA, ele responderá por crime ambiental de degradação de APP (Área de Preservação Permanente). Ele também terá que apresentar ao órgão ambiental estadual um Plano de Recuperação da Área Degradada (Prade).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions