A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

01/07/2019 20:31

Foragido, para abusar de adolescentes professor fingia ser massoterapeuta

Além de tocar as vítimas, suspeito fazia perguntas de cunho sexual

Clayton Neves
Fachada da delegacia da Mulher de Ponta Porã, responsável pelo caso (Foto: Porã News)Fachada da delegacia da Mulher de Ponta Porã, responsável pelo caso (Foto: Porã News)

Continua foragido o professor, de 48 anos, denunciado por importunar sexualmente de pelo menos cinco menores de idade de uma escola particular de Ponta Porã, distante 323 quilômetros de Campo Grande. Mandado de prisão preventiva contra o suspeito foi expedido na última sexta-feira (28) e, segundo a polícia, o autror se passava por massoterapeuta para para tocar o corpo das meninas sem consentimento.

De acordo com informações da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), que investiga o caso, uma das vítimas procurar unidade e denunciou que o suspeito se dizia terapeuta e convidava as vítimas para ir até a casa dele fazer massagens com pedras, o que, segundo ele, alinharia e desenvolveria os chacras do corpo.

Durante as sessões, ele aproveitava a proximidade com as meninas para tocar o corpo das vítimas sem consentimento e fazer perguntas de cunho sexual.

Segundo a delegada Marianne Cristine de Souza, responsável pelo caso, oficialmente duas meninas registraram denúncias contra o professor. Outros três casos estão sendo investigados pela DAM. “Nós fomos até a casa dele e descobrimos que ele se mudou, sendo portanto considerado foragido da Justiça”, afirma Marianne.

De acordo com informações do site Porã News, o professor já respondia pelo mesmo crime na cidade de Recife, onde morava. Ele teria fugido depois de ser demitido da escola onde dava aulas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions