ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  14    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Funcionário de presídio tem casa baleada durante a madrugada

Ninguém ficou ferido no atentado. Para a polícia, o morador afirmou que o caso serviu de ameaça

Por Geisy Garnes | 25/05/2020 14:55
Os tiros passaram o portão e atingiram o carro do policial penal (Foto: Direto das Ruas)
Os tiros passaram o portão e atingiram o carro do policial penal (Foto: Direto das Ruas)

Um agente do Estabelecimento Penal de Corumbá – a 416 quilômetros de Campo Grande – procurou a polícia após ter a casa atingida por vários disparos durante a madrugada. Essa é a segunda vez que o policial penal sofre atentado na cidade, o primeiro foi registrado em 2017.

Conforme o boletim de ocorrência, o caso aconteceu na sexta-feira, dia 23 de maio, mas só nessa manhã a vítima teve acesso a imagens de câmeras de segurança que mostram parte da ação. Segundo o relato, os tiros atingiram o portão da casa e chegaram a acertar o carro que estava na garagem. A gravação não foi divulgada.

Para a polícia, o morador afirmou que o ataque foi uma ameaça e que os autores podem ser “delinquentes com passagem pela justiça”, já que trabalha no presídio da cidade. Além das imagens, ele entregou na delegacia projéteis calibres 38 e 22, encontrados em seu quintal. Detalhes sobre os possíveis suspeitos não foram relevados.

Segundo o site Diário Corumbaense, essa não é a primeira vez que o policial penal sofre atentado. Em 2017 um carro que estava estacionado em frente à residência dele foi incendiado. O caso agora é investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil e também é acompanhado pelo Sinsap (Sindicato dos Servidores da Administração Penitenciária de Mato Grosso do Sul).