ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 17º

Interior

"Geral" do PCC é preso com 22 quilos de supermaconha e fuzil em MS

Homem era alvo da Operação Flashback II, deflagrada em 11 estados para desarticular lideranças do PCC, e foi preso em Ponta Porã

Por Silvia Frias | 01/08/2020 08:40
Droga fuzil apreendidos durante abordagem do Bope em Ponta Porã (Foto/Divulgação: SSPAL)
Droga fuzil apreendidos durante abordagem do Bope em Ponta Porã (Foto/Divulgação: SSPAL)

Alvo da Operação Flashback II, deflagrada contra o PCC (Primeiro Comando da Capital) esta semana, foi preso ontem, durante operação do Bope (Batalhão de Operações Especiais) em Ponta Porã, a 316 quilômetros de Campo Grande. O homem era o “geral” no município, cargo com função administrativa dentro facção e foi encontrado com 22 quilos de skunk (a supermaconha) e um fuzil.

Segundo informações da SSP/AL (Secretaria de Estado de Segurança Pública de Alagoas), a equipe do Bope abordou veículo com dois ocupantes. Na verificação dos dados,  constatou-se que um deles tinha mandado de prisão expedido durante a Operação Flashback II, deflagrada na terça-feira (28) em Mato Grosso do Sul e outros dez estados.

No carro, os policiais encontraram 5 quilos de skunk. O homem confessou que teria mais droga em casa. No endereço indicado por ele, foram encontratos mais tabletes, totalizando 22 quilos. Também foi apreendido fuzil 556 e duas pistolas calibre 9 milímetros.

Uma mulher que estava na casa informou que a droga seria levada para São Paulo.

A Operação Flashback II teve participação e organização conjunta do Gaeco (Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas) do Ministério Público de Alagoas, PM (Polícia Militar) e PF (Polícia Federal), sendo deflagrada em Sergipe, Pernambuco, Ceará, Bahia, Paraíba, Piauí, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Minas Gerais.

Em MS, foram cumpridos 23 mandados de prisão, a maioria, nos estabelecimentos penais do Estado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário