A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

17/01/2018 18:13

Governo homologa emergência e anuncia apoio à reconstrução de Porto Murtinho

Governadora em exercício visitou o município e anunciou suporte em obras e ações para recuperar a cidade danificada pelas chuvas no fim de 2017

Humberto Marques
Cidade de Porto Murtinho foi prejudicada pelas chuvas no fim de 2017. (Foto: Toninho Ruiz/Arquivo)Cidade de Porto Murtinho foi prejudicada pelas chuvas no fim de 2017. (Foto: Toninho Ruiz/Arquivo)

A Cedec-MS (Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul) homologou nesta quarta-feira (17) parecer oficializando a situação de emergência em Porto Murtinho –a 431 km de Campo Grande–, que foi seriamente prejudicado pelas chuvas nas últimas semanas. A medida foi adotada sem decreto para agilizar a busca por recursos federais. No mesmo dia, a governadora em exercício Rose Modesto (PSDB) visitou o município e anunciou pareceria do Estado com a prefeitura visando a reconstrução de áreas afetadas.

“Com essa visita vamos conseguir desenvolver novas ações para resolver o problema de forma imediata, em curto, médio e longo prazo, para que as famílias daqui não tenham mais de passar por essa situação”, afirmou Rose, que estava acompanhada do secretário Carlos Coimbra (Saúde) e da diretora-presidente da Agehab (Agência Estadual de Habitação Popular), Maria do Carmo Avesani Lopez.

Após avaliação dos estragos, a governadora em exercício declarou que serão relacionadas as melhores opções para reconstrução. A maior preocupação envolve famílias que estão em uma área invadida próxima a um local onde houve enchentes.

“Vamos avaliar com a Prefeitura se vamos fazer um projeto amplo para atender às 85 famílias ou nessa primeira etapa faremos somente a situação emergencial para as 30 famílias que sofreram impacto maior”, adiantou Rose. A decisão será tomada em conjunto com a prefeitura, que tem em mãos levantamento das famílias a serem beneficiadas. O Estado também ajudará na recuperação de estradas vicinais de Murtinho.

Rose também visitou escola que passa por reforma de R$ 1,6 milhão. (Foto: Toninho Ruiz)Rose também visitou escola que passa por reforma de R$ 1,6 milhão. (Foto: Toninho Ruiz)

Maquinário – A governadora em exercício salientou que todos os municípios com a situação de emergência homologada receberão ajuda em infraestrutura, envolvendo transferência de recursos e repasse de diesel –onde as prefeituras tiverem maquinário. Onde não houver equipamentos, a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) enviará equipes para atuarem conforme as necessidades apontadas pelas administrações municipais.

O governo estadual já havia constituído uma força-tarefa para atender famílias do bairro Cohab, que foi alagado no final de dezembro. Via Cedec, e com apoio dos deputados federais Zeca do PT e Vander Loubet (ambos do PT), foram enviadas 100 cestas básicas, cobertores, colchões e travesseiros. A Defesa Civil também monitorou a situação e prestou assistência até a situação ser normalizada.

O governo também auxiliou a prefeitura na elaboração de plano para a solução dos problemas com a retenção da água da chuva no bairro. O próximo passo é executar as intervenções a fim de evitar que a situação se repita.

Rose visitou na cidade o hospital Oscar Ramirez, que foi afetado pelas chuvas –principalmente a sala de raio-x. “Está dentro dessa reestruturação que a gente precisa fazer por meio do decreto de emergência que já foi homologado”, afirmou. Também será repassado relatório para que a secretaria de Saúde veja o que é possível fazer de imediato. A Escola José Bonifácio, que passa por reforma orçada em R$ 1,6 milhão, também foi vistoriada pela governadora.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions