A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

20/01/2016 13:15

Governo investiu R$ 8 mi em contratos emergenciais para recuperação de pontes

Mariana Rodrigues e Renata Volpe Haddad
Governadora em exercício, Rose Modesto, durante o Showtec em Maracaju. (Foto: Denilson Rodrigues/Divulgação)Governadora em exercício, Rose Modesto, durante o Showtec em Maracaju. (Foto: Denilson Rodrigues/Divulgação)

O Governo do Estado já investiu R$ 8 milhões em contratos emergenciais para recuperação de 86 pontes danificadas devido aos estragos causados pelas chuvas que atingiram Mato Grosso do Sul há dois meses, conforme destacou hoje (20) a governadora em exercício Rose Modesto (PSDB), durante a 20ª edição do Showtec, em Maracaju, a 160 km de Campo Grande.

Rose afirmou ainda que está sendo estudado um aporte de quase R$ 56 milhões para recuperação dessas pontes em locais estratégicos, além de um aumento na equipe que está trabalhando nesses reparos de urgência para garantir a segurança do produtor, das pessoas que vivem nas regiões afetadas e o escoamento de 100% da safra de soja.

"Nós estamos brigando contra o tempo, a nossa Secretaria de Infraestrutura, a pedido do governador (Reinaldo Azambuja), colocou mais dez equipes além das que já estavam trabalhando".

Rose disse ainda, que em locais estratégicos que demandam de pouco tempo para recuperação e que sofreram estragos severos com as chuvas, serão feitos de formas emergenciais, porém outros pontos serão feitas licitações. "Os estragos foram realmente imensos. Algumas coisas terão que ser licitadas, mas sabemos que temos pouco tempo para concluir esses reparos".

Questionada pela reportagem do Campo Grande News, se o escoamento da safra de soja seria afetado devido aos estragos causados pelas chuvas, Rose afirma que o Governo do Estado está brigando contra o tempo e "pedindo a Deus para que não chova".

"O objetivo de aumentar a equipe que está trabalhando nas recuperações, é para adaptar esses locais para que o escoamento da safra não tenha nenhuma dificuldade com a falta de estrutura. Nós temos que pedir a Deus que a chuva cesse nesse momento, enquanto isso a gente corre contra o tempo, para conseguir restabelecer essa questão e e não termos nenhum prejuízo", garante.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions