ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 18º

Interior

Governo vai investir R$ 23 milhões para pavimentação e drenagem em Corumbá

Reinaldo Azambuja (PSDB) garantiu ainda que concluirá todas as obras em andamento no Estado até dezembro

Por Ana Paula Chuva | 27/05/2022 13:33
Governador durante visita a uma das obras em Corumbá. (Foto: Chico Ribeiro | Governo de MS)
Governador durante visita a uma das obras em Corumbá. (Foto: Chico Ribeiro | Governo de MS)

Durante entrevista na manhã desta sexta-feira (27), o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) anunciou que vai destinar R$ 23 milhões para obras de drenagem e pavimentação no bairros de Corumbá, cidade a 428 quilômetros de Campo Grande. Ele também garantiu que todas as obras em andamento no Estado serão concluídas até dezembro, quando termina seu mandato.

Os recursos serão suficientes para que as obras sejam realizadas em 46 quadras dos bairros de Corumbá, entre eles, o Previsul. A destinação será por meio de convênio e o prefeito Marcelo Iunes (PSDB) afirmou que o Município investirá mais R$ 20 milhões.

“Estabelecemos uma parceria sólida com todos os 79 municípios, quando fui prefeito de Maracaju, não tivemos nenhum apoio do Estado e sei o quanto é difícil administrar com poucos recursos”, disse Reinaldo Azambuja, acentuando que essa interlocução com os prefeitos e as bancadas federal e estadual foi conduzida também pelo ex-secretário Eduardo Riedel.

Ainda durante a entrevista a emissoras de rádio da cidade, Reinaldo afirmou que garantiu a conclusão de todas as obras em andamento e em licitação no Estado até dezembro, quando termina seu mandato. Ele destacou ainda que o recurso de cada empreendimento estará depositado em conta específica do tesouro estadual para que seu sucessor execute e finalize.

“Nenhuma obra será paralisada ou deixará de ser iniciada por falta de dinheiro, só não terminará quem não quiser, vamos concluir todas. É preciso ter responsabilidade com o dinheiro público, nenhuma obra deixará de ser entregue se depender de recursos próprios”, disse o governador.

Reinaldo também destacou que o crescimento do Estado nos últimos oito anos, foi possível com a implementação de novo modelo de gestão e da adoção de reformas administrativa e fiscal. Também afirmou que a construção do que Mato Grosso do Sul é hoje se deve muito ao ex-secretário de Infraestrutura Eduardo Riedel.

Integração do Pantanal – Durante a manhã, o governador reafirmou o compromisso de começar a pavimentação asfáltica do acesso ao distrito de Albuquerque, em breve, além da implantação da estrada em direção ao Forte Coimbra, a partir da BR-262.

O distrito Porto Esperança também está sendo beneficiado com acesso rodoviário, cuja obra de abertura de estrada de revestimento primário está em andamento.

“Estamos integrando todo o Pantanal, do Nabileque a Nhecolândia e ao Paiaguás, são mais de R$ 400 milhões de investimentos, criando uma logística sonhada há muitos anos pelos pantaneiros de sair de Corumbá ou de Coxim e Rio Verde e chegar à divisa com Mato Grosso, no Rio Piquiri, levando também a energia solar a todas as propriedades”, citou o governador.

Finalizando a agenda de visita a Corumbá, onde, na quinta-feira, abriu a 16ª edição do Festival América do Sul Pantanal, Reinaldo Azambuja visitou as obras do novo pronto-socorro, em anexo ao Hospital de Caridade, e da pavimentação de um quadrilátero no centro da cidade, em substituição ao piso de lajotas, e da implantação asfáltica no Bairro Guató.

Nos siga no Google Notícias