A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

27/08/2013 12:48

Homem é amarrado com cabo de aço e tem caminhão roubado em Itaporã

Bruno Chaves
Vítima ficou cerca de 17 horas amarram em árvore no meio do matagal (Foto: Antonio Carlos Ferrari/Itaporã Hoje)Vítima ficou cerca de 17 horas amarram em árvore no meio do matagal (Foto: Antonio Carlos Ferrari/Itaporã Hoje)

O caminhoneiro Salvador de Menezes, de 56 anos, conhecido como “Chaló”, foi roubado e amarrado na segunda-feira (26) por volta das 16h em Itaporã – a 227 quilômetros de Campo Grande. Ele ficou atado, em uma árvore, com um cabo de aço durante toda a noite de ontem e madrugada de hoje (27).

Segundo informações do site Itaporã Hoje, Chaló foi contratado por um homem por volta das 14h de ontem. Ele iria buscar uma mudança em Itaporã e levar a carga para Maracaju. O contratante disse que a mudança estava em uma propriedade rural na região do Tatuí, próximo à Reserva Indígena.

Quando os dois chegaram a uma mata próxima do local, o homem mostrou um revólver calibre 38 e anunciou o assalto. À vítima, ele disse que usaria o caminhão Mercedes Benz para transportar três toneladas de maconha de Dourados para Três Lagoas. O ladrão ainda afirmou que abandonaria o caminhão depois do transporte.

Como não tinha corda no caminhão, o indivíduo prendeu a vítima com um cabo de aço. O caminhoneiro foi amarrado em uma árvore com as mãos para trás e teve seu dinheiro levado, além do veículo.

A vítima disse que passou a noite no frio e que foi encontrada por volta das 9h de hoje (27) por um indígena que passava pela mata e acionou a Polícia Militar, que fez o resgate do motorista e o encaminhou para o Hospital Municipal.

Chaló estava com hipotermia e lesões nos pulsos. Ele ficou aproximadamente 17 horas amarrado. Após ser liberado pela equipe médica, o motorista deverá prestar depoimento na Polícia Civil.

Durante abordagem, passageiro de ônibus finge passar mal e foge
Passageiro de ônibus fingiu passar mal para fugir da polícia, neste domingo (19), deixando para trás mala com maconha e os próprios documentos em Dou...
Travesti encontrada morta tinha 22 anos e foi reconhecida pelas amigas
Foi identificada como Wiris de Souza Santos, 22 anos, conhecida como Vitória, a travesti encontrada morta com nove facadas, por volta das 5h deste do...


como assim, não havia corda na caminhão, principalmente para transporte de mudança.
Ainda assim é preciso que o Dof encontre esses marginais e que tenham o mesmo destino dos outros ladrões de veículos.
 
luis de almeida em 27/08/2013 13:18:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions