ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  07    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Homem é preso após colocar pistola na mão da filha e trocar tiros com PM

Ele segurou a pistola na mão da criança de 3 anos e ameaçou atirar na mulher, mas a vítima conseguiu escapar

Por Geisy Garnes | 18/07/2021 11:27
Pistola e acessórios apreendidos com o suspeito (Foto: Divulgação PM)
Pistola e acessórios apreendidos com o suspeito (Foto: Divulgação PM)

Homem de 40 anos foi preso após colocar uma pistola 9 milímetros na mão da filha de 3 anos para ameaçar matar a esposa e ainda trocar tiros com policiais militares no Assentamento Itamarati, zona rural de Ponto Porã – cidade a 323 quilômetro de Campo Grande. Caso aconteceu na madrugada deste domingo (18).

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima contou que o marido chegou bêbado em casa e colocou uma arma em cima da mesa. A filha do casal, de apenas 3 anos, ainda estava acordada, pegou a pistola do pai e carregou até a sala.

Quando a mãe viu, questionou a situação e avisou que o autor não deveria deixar a menina pegar a arma. O suspeito então reagiu de forma agressiva, segurou a pistola ainda na mão da filha, apontou para a esposa e ameaçou atirar. Após momentos de terror, a mulher conseguiu escapar da casa com a criança.

Ela procurou abrigou na sede da Polícia Militar e contou a situação. A equipe foi ao endereço da família e tentou conversar com o suspeito, para que ele se entregasse. O homem, no entanto, negou seguir as ordens e atirou contra os policiais.

Os militares revidaram os disparos. Após a troca de tiros, o homem foi contido. Na casa, além arma – uma pistola 9 mililitros que tinha adaptação para receber silenciador – foi apreendida uma maleta com acessórios: um carregador com 11 munições intactas, um coldre, um suporte para coldre, uma porta carregadora e uma vareta de limpeza.

Preso em flagrante, o suspeitou passou por exame de corpo de delito no posto de saúde local e depois foi levado para a 1ª Delegacia de Polícia Civil da Cidade, onde o caso foi registrado como porte ilegal de arma, tentativa de homicídio e ameaça (violência doméstica).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário