A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

13/05/2011 06:58

Homem mantém o filho refém por mais de 9 horas em Corumbá

Francisco Júnior

Homem só liberou a criança na madrugada de hoje

Sequestrador foi encaminhado para a delegacia. Ele já tem passagem pela polícia. (Foto:Anderson Gallo/Johonie Midon, do Diário Online)Sequestrador foi encaminhado para a delegacia. Ele já tem passagem pela polícia. (Foto:Anderson Gallo/Johonie Midon, do Diário Online)

Por mais de nove horas, Osmar Koester, 31 anos, manteve o próprio filho de 2 anos refém em Corumbá.

De acordo com o site Diário Online, tudo começou por volta das 16 horas de ontem (12), quando a ex-mulher do sequestrador foi buscar o filho na casa dele. Ela estava acompanhada de uma irmã, fato que irritou Osmar, que começou uma discussão com as duas mulheres.

Com a chegada do Conselho Tutelar e de uma guarnição da Polícia Militar no local, o homem acabou fazendo o filho refém. A nulher e a irmã foram liberadas por ele e saíram da casa.

Por conta da situação, policiais civis e militares, agentes DOF (Departamento de Operações da Fronteira), Força Nacional, equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros foram acionados para o local. Todo o quarteirão foi isolado pela polícia, porém, o caso acabou atraindo vizinhos e populares que se aglomeraram para acompanhar o desfecho do caso.

Durante a negociação, Osmar fez exigências para se entregar. Ele queria a presença de um advogado, de uma equipe de TV, além de querer conversar com a mãe do menino.

Policiais do Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) de Campo Grande ajudaram nas negociações.

Osmar Koester usou uma pistola 9 milímetros durante todo o tempo que manteve a criança refém. Por volta da 01h05 da madrugada de hoje, 13, ele se entregou e foi levado para o 1º Distrito Policial.

O sequestrador deve ser indiciado por sequestro e cárcere privado qualificado e porte ilegal de arma de uso restrito. Na saída da casa, ele se limitou a dizer que "era pai e fez isso por causa do filho".

Logo que foi liberada, a criança recebeu atendimento da equipe do Samu e passa bem.

Osmar já cumpriu pena por tráfico de drogas.

Choque faz reintegração de posse em fazendas invadidas por sem-terra
Policiais do Batalhão de Choque fazem na manhã desta quarta-feira (28), reintegração posse em duas fazenda no município de Nioaque - distante 179 km ...
Policiais suspeitam de carreta estacionada e encontram 620 kg de maconha
Investigadores suspeitaram de um carreta estacionada e encontraram em fundo falso, mais de 600 quilos de maconha. O caso aconteceu por volta de 15h d...
Pescador que estava desaparecido havia quatro dias é encontrado morto
O corpo do pescador João Dias da Silva, 54, desaparecido desde sexta-feira (23), foi encontrado às margens do rio Paraná, ontem (27) em Naviraí, dist...
Homem fica ferido ao ser esfaqueado na cabeça após discutir com colega
Homem de 45 anos ficou gravemente ferido ao ser esfaqueado várias vezes na cabeça por um colega, que foi identificado, mas não foi preso. O crime aco...



Tenho muita pena desse rapaz ,pois o que será que estava passando na cabeça dele.Que Deus ajude a familia dele e seu filho para que não tenha um trauma por tudo que ele passou.
 
sabrina de oliveira pinto martins em 21/05/2011 06:06:43
cachiblema.....tem muito disso aqui em corumba!
 
EMILIO MARCOS em 13/05/2011 11:26:58
Parabens aos policiais do CIGCOE, 100% de negociações no nosso estado são solucionadas com exito!!!!
 
Salame Boy em 13/05/2011 10:50:24
Não acredito que um pai possa agir usando tanta crueldade! Sendo que a criança é inoscente e indefesa.
Orei muito nesse momento, pedi ao Senhor que livrasse a criança e todos os policiais que ali se encontravam.
Parabéns a toda equipe de Segurança Pública ms.
 
Simoni P. Rosa Dias em 13/05/2011 08:31:18
Senhora Jackeline Sayuri, mesmo que alguns os cidadões sejam desprovidos de uma grafia exímia como a da senhora, ou não tiveram muita opurtunidade na vida, são pagadores de impostos e tem liberdade de expressão e de emitirem suas opiniões como a senhora tem, de maneira digna e simplista, como a senhora que grafou errado uma palavra, mas dentro de seu singelismo , meio a uma notícia tão triste e truculenta como esta, mostrou que ainda existe alguem que ora, reza, ou faz uma prece por alguem , mesmo não conhenhecendo pessoalmente, afligiu se por seu semelhante, por isso sugiro a senhora, que use este espaço aqui para fazer o mesmo, opinar, formar opiniões contrárias, elogiar ou critica las, mas não o corpo da mensagem, a grafia, eu mesmo na maioria das vezes escrevo errado, por agum problema de teclado, pressa ou mesmo falta de atenção, isto aqui é um veiculo popular de notícias, não um trabalho científico, valha me Deus.
 
Gustavo Cesar em 13/05/2011 04:05:09
Que este pai não teve ações de pai ficou bem claro , mas eu acho que para opinar antes de tudo ela precisa aprender a escrever ...´´Sendo que a criança é inoscente´´
Geralmente as pessoas acham errado e não acham argumentos bons o suficientes e saem falando qualquer coisa que vem em mente...
 
Jackeline Sayuri em 13/05/2011 02:28:58
Porque esse animal nao sequestra a sogra, tenho certeza que nao iria haver negociaçao
 
Antonio Garcia em 13/05/2011 02:21:45
Cachiblema...kkkk, tambem ousaria fazer uso dos termos inexistente, cocaínoproblema, ou zucablema, haja vista que este cidadão ja foi apenado por tráfico; Conseguiu deslocar o Dof, o Samu, a Policia Civil, A Força Nacional de Segurança, a PM, nas pessoas de seu batalhão de Corumbá e da CIGCOE, aqui de Campo Grande, observem os senhores o que uma atitude com falta de bom senso gerou, o que não onerou dos cofres públicos, todo este deslocamento, em combustível, depreciação de pneus, conta com as operadoras de telefone móvel, por que a Polícia precisa fazer uso destes, diárias dos Policiais deslocados aqui da Capital, alimentação, observem a própria Lei mal legisferada trabalhando contra ela mesma, esta Lei que facilita a vida destes estereótipos e os devolve para sociedade, com intuito de não gastar com a máquina carcerária, com a educação, de uma maneira ou de outra, toda esta operação foi feita as expensas dos cofres publicos e do cidadão de bem e trabalhador, fica aí o exemplo a lei contra a própria Lei.
Quem é responsável por eleger o legisferador?
 
Gustavo Cesar em 13/05/2011 01:00:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions