A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

20/09/2019 23:59

Condenado a 13 anos, homem que matou esposa com facada nas costas

Ministério Público entrou com um recurso na justiça, pedindo um aumento na pena

Adriano Fernandes
Rufino sendo submetido ao julgamento na cidade. (Foto: Rio Brilhante em Tempo Real) Rufino sendo submetido ao julgamento na cidade. (Foto: Rio Brilhante em Tempo Real)

Rufino Rocha, 43, foi condenado a 13 de prisão por ter matado a sua esposa, Rosângela da Silva Coelho , de 41 anos, com uma facada nas costas em maio do ano passado em Rio Brilhante, cidade a 163 quilômetros de Campo Grande.

Durante o seu júri popular nesta quinta-feira (19) na cidade, foi fixada uma pena inicial de 16 anos de prisão, por homicídio qualificado por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima. No entanto, o conselho de sentença afastou a qualificadora de feminicídio, o que resultou na diminuição da pena para 13 anos e 4 meses de prisão em regime fechado.

A pedido dos familiares, inclusive dos três filhos do casal, o promotor de justiça Jorge Ferreira Neto Junior do Ministério Público, já apresentou recurso noao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do sul com pedido de aumento de pena.

O crime

Rosângela foi esfaqueada no dia 1 de Maio de 2018 em frente à residência do casal, na Travessa Jercem, no Bairro Vila Nova Esperança. Ela ainda foi socorrida para o hospital de Rio Brilhante, mas não resistiu e morreu pouco tempo depois.

O suspeito que era casado com a vítima a cerca de 30 anos e tinham três filhos em comum, foi preso horas depois do crime pela Polícia Militar, próximo a estação rodoviária da cidade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions