ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Hotéis usados como depósitos de contrabando são alvos de operação

São cumpridos dois mandados de busca e apreensão em dois hotéis, que já foram fiscalizados no ano passado

Por Geisy Garnes e Helio de Freitas, de Dourados | 23/09/2021 07:08
Viaturas da Receita Federal em hotel no distrito de Vila Vargas, em Dourados (Foto: Adilson Domingos)
Viaturas da Receita Federal em hotel no distrito de Vila Vargas, em Dourados (Foto: Adilson Domingos)

Ações contra contrabando de mercadorias estrangeiras levaram policiais federais e servidores da Receita Federal a dois hotéis, no distrito de Vila Vargas, em Dourados – cidade a 233 quilômetros de Campo Grande –, na manhã desta quinta-feira (23). Segundo as investigações, os contrabandistas usavam os estabelecimentos como depósito até a distribuição para outras cidades.

São cumpridos dois mandados de busca e apreensão em dois hotéis, que conforme apurado pelo Campo Grande News, já foram alvos das equipes em outubro do ano passado. Já naquela época, as investigações apontavam que as mercadorias estrangeiras entravam ilegalmente no Brasil, sem recolhimento de tributos e eram armazenados nos estabelecimentos até serem distribuídas.

No dia 29 de outubro, os policiais encontraram carros carregados de mercadorias contrabandeadas no estacionamento e diversos produtos nos quartos dos hotéis. Apenas um homem assumiu a propriedade dos produtos e revelou que seriam revendidos em São Paulo. Toda a apreensão somou R$ 600 mil.

Os hotéis ficam às margens da BR-163, rodovia que liga Dourados a Campo Grande e, desta vez, as equipes identificaram todos os responsáveis pelo esquema. Nomes não foram divulgados.

As ações desta manhã contam ainda com fiscalizações aéreas, feitas por drones e helicóptero da Receita Federal do Brasil. Balanço da operação deve ser divulgado no fim da tarde de hoje.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário