ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  10    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Idoso é preso e multado em R$ 1,5 mil após deixar cavalo morrer em valeta

Animal morreu de fome e sede após cair no buraco e ficar sem andar

Por Adriano Fernandes | 16/04/2021 20:08
Animal morreu de fome depois de ficar preso no buraco. (Foto: PMA) 
Animal morreu de fome depois de ficar preso no buraco. (Foto: PMA)

Um idoso, de 62 anos, foi preso nesta sexta-feira (16) após deixar um cavalo morrer dentro de uma valeta em uma propriedade rural de Camisão, distrito de Aquidauana, cidade a 135 quilômetros de Campo Grande. Uma equipe de policiais militares ambientais de Aquidauana foi até o local, nesta tarde depois de receber uma denúncia de maus-tratos ao animal.

À polícia, uma denunciante informou que havia um cavalo preso dentro de uma valeta, sem conseguir andar devido aos ferimentos que teve ao cair no buraco. A mulher também disse ter visto o animal no distrito por diversas vezes preso a uma corda, sem ter o que comer e beber.

Afirmou ainda, que nesta sexta-feira (16) entrou em contato com o proprietário do animal, mas ele disse que não tinha o que fazer para tirar o cavalo da valeta. Contudo, quando os militares chegaram ao local o cavalo já estava morto. Os militares localizaram o dono do animal sentado em um bar no distrito.

Ao questioná-lo sobre o ocorrido, ele confirmou que o cavalo pertencia a ela e que não iria fazer nada para resgatá-lo. O idoso, residente no distrito de Camisão, acabou sendo encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana e responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena é de três meses a um ano de detenção. Ele também foi multado em R$ 1,5 mil.

Por fim, a PMA solicitou que uma máquina retroescavadeira da prefeitura Municipal de Aquidauana, que estava fazendo um serviço nas proximidades do local, fosse ao local para enterrar o cavalo em local adequado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário