A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

20/01/2019 12:20

Imagens mostram movimentação de pistoleiros em frente a casa de vítima

Chico Gimenez foi morto com três tiros na madrugada da última quinta-feira (17) em Ponta Porã

Kerolyn Araújo e Helio de Freitas
Soldados do Exército chegaram ao local logo após o ataque. (Foto: Reprodução/Vídeo)Soldados do Exército chegaram ao local logo após o ataque. (Foto: Reprodução/Vídeo)

Imagens de câmeras de monitoramento mostram o momento em que pistoleiros fortemente armados se aproximam da casa do ex-candidato a prefeito e ex-vereador de Ponta Porã, Chico Gimenez, morto na madrugada da última quinta-feira (17). Chico era tio do narcotraficante Jarvis Pavão.

Nas imagens é possível ver os veículos utilizados no ataque chegando na residência. Rapidamente, os pistoleiros descem dos carros e fecham a rua. Na sequência, logo após o crime, os militares do Exército chegam ao local. 

Ação - Usando um carro, os bandidos derrubaram o portão da casa e entraram atirando. Segundo vizinhos, a ação durou aproximadamente 10 minutos e o grupo disparou mais de 190 vezes contra o imóvel. Chico foi morto com três tiros, sendo um no peito, um no ombro e outro no braço.

No local, a polícia recolheu 190 cápsulas de fuzis calibres 5.56 e 7,62, os mais usados pelos pistoleiros a serviço do narcotráfico na fronteira.

Os quatro carros usados na ação pelos pistoleiros – uma caminhonete Amarok, outra Triton, um Jeep Renegade e um carro de passeio foram encontrados incendiados às margens da BR-463.

 

*Matéria editada às 14h16 para correção de informação

 

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions