A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Novembro de 2017

03/04/2012 08:48

Incêndio destrói 70 motocicletas no pátio do Detran em Sete Quedas

Aline dos Santos

De acordo com a polícia, possivelmente, o fogo teve origem criminosa

Fogo se alastrou pelo pátio, destruindo motos. (Foto: Salatiel Assis/Educadora FM)
Fogo se alastrou pelo pátio, destruindo motos. (Foto: Salatiel Assis/Educadora FM)

Um incêndio destruiu ao menos 70 motocicletas e vários carros no pátio do Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito) em Sete Quedas, na fronteira com o Paraguai. De acordo com a polícia, possivelmente, a origem foi criminosa.

O fogo começou por volta das 21h de ontem. Como o município não dispõe de uma unidade do Corpo de Bombeiros, as chamas se alastraram rapidamente, destruindo os veículos apreendidos. Ainda não há levantamento oficial, mas a PM (Polícia Militar) calcula que foram incendiadas 70 motocicletas de origem estrangeira, além de automóveis e utilitários.

De acordo com a polícia, o prédio do Detran de Sete Quedas, que fica a 300 metros da delegacia de Polícia Civil, tem um agente patrimonial que faz a segurança do local, mas o funcionário não teria percebido nada.

Ele disse que estava dentro do prédio, que não foi atingido pelo incêndio. Quando percebeu, o fogo já havia ganhado grandes proporções.

Conforme A Gazeta News, a polícia não descarta a possibilidade de o incêndio ter sido provocado por proprietário de algum veículo apreendido no local.

MPE entra com ação e consegue suspender do 'Dourados Brilha 2017'
Após as 16ª e 10ª promotorias de Justiça de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - entrarem com ação, a Justiça estadual concedeu li...
'Ônibus da Saúde' fará neste sábado atendimentos em Fátima do Sul
O programa de prevenção "Ônibus da Saúde", realizado pela Cassems, levará atendimento especializado em oncologia até Fátima do Sul - cidade localizad...
Justiça determina que prefeitura suspenda cobrança da taxa de lixo
Decisão tomada pela Justiça Estadual determinou que a prefeitura de Bataguassu - cidade localizada a 335 km de Campo Grande - suspenda a cobrança da ...


Mais uma vez o poder público leva prejuízo, quem paga? o infeliz dos contribuintes, falta bombeiros em cidades menores, em caso de urgência em rodovias, fica sempre o prejuízo material e humano. Todo órgão publico deveriam ser monitorado por câmeras, fica mais barato e a segurança bem melhor, desde que... seja sempre monitorado de forma on-line, neste caso teria ajudado a segurança e o patrimônio.
 
Roberto Motta em 03/04/2012 09:52:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions