A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

17/06/2011 07:47

Índios de Dourados recebem carteira de identidade neste fim de semana

Vanda Escalante

Ministra dos Direitos Humanos participará da entrega dos documentos no domingo.

Neste final de semana (18 e 19), aproximadamente oito mil indígenas das aldeias Bororó e Jaguapiru, na reserva indígena de Dourados, passam a “existir” civilmente. Eles vão receber as carteiras de identidade confeccionadas por intermédio da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso do Sul.

A ação faz parte dos mutirões do Comitê Gestor Estadual para Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento e Ampliação do Acesso à Documentação Básica, vinculado à Setas (Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social).

O atendimento será realizado a partir das 8 horas, no sábado e no domingo, na Escola Municipal Indígena Tengatui Marangatú, que fica dentro da aldeia Jaguapiru. A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, estará em Dourados no domingo para acompanhar a distribuição das carteiras de identidade.

Esta é a segunda vez que a Defensoria Pública vai estar nas aldeias. Na primeira ação, realizada entre os dias 8 e 10 de abril deste ano, foi iniciado o procedimento para registro dos indígenas. Na época, 8.559 índios foram atendidos, e 7.725, ou seja, 92% deles, fizeram o pedido de documentação.

“É preocupante que em aldeias tão próximas de um grande centro, como é Dourados, os índios ainda estejam sem acesso a documentação básica. E por isso nós realizamos os mutirões, para que todos possam ter suas certidões de nascimento e carteira de identidade”, afirma a coordenadora do mutirão e Defensora Pública de 2ª Instância, Neyla Ferreira Mendes, lembrando que o acesso a documentação básica é o primeiro passo para a cidadania.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions