A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

17/06/2011 07:47

Índios de Dourados recebem carteira de identidade neste fim de semana

Vanda Escalante

Ministra dos Direitos Humanos participará da entrega dos documentos no domingo.

Neste final de semana (18 e 19), aproximadamente oito mil indígenas das aldeias Bororó e Jaguapiru, na reserva indígena de Dourados, passam a “existir” civilmente. Eles vão receber as carteiras de identidade confeccionadas por intermédio da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso do Sul.

A ação faz parte dos mutirões do Comitê Gestor Estadual para Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento e Ampliação do Acesso à Documentação Básica, vinculado à Setas (Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social).

O atendimento será realizado a partir das 8 horas, no sábado e no domingo, na Escola Municipal Indígena Tengatui Marangatú, que fica dentro da aldeia Jaguapiru. A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, estará em Dourados no domingo para acompanhar a distribuição das carteiras de identidade.

Esta é a segunda vez que a Defensoria Pública vai estar nas aldeias. Na primeira ação, realizada entre os dias 8 e 10 de abril deste ano, foi iniciado o procedimento para registro dos indígenas. Na época, 8.559 índios foram atendidos, e 7.725, ou seja, 92% deles, fizeram o pedido de documentação.

“É preocupante que em aldeias tão próximas de um grande centro, como é Dourados, os índios ainda estejam sem acesso a documentação básica. E por isso nós realizamos os mutirões, para que todos possam ter suas certidões de nascimento e carteira de identidade”, afirma a coordenadora do mutirão e Defensora Pública de 2ª Instância, Neyla Ferreira Mendes, lembrando que o acesso a documentação básica é o primeiro passo para a cidadania.

Corpo de pescador que estava desaparecido há quatro dias é encontrado boiando
O corpo do pescador João Dias da Silva, 54, desaparecido desde sexta-feira (23), foi encontrado às margens do rio Paraná, ontem (27) em Naviraí, dist...
Homem fica ferido ao ser esfaqueado na cabeça após discutir com colega
Homem de 45 anos ficou gravemente ferido ao ser esfaqueado várias vezes na cabeça por um colega, que foi identificado, mas não foi preso. O crime aco...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions