ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  19    CAMPO GRANDE 

Interior

Integrante do PCC que matou estuprador ha 1 ano é preso pela Polícia Civil

Por Graziela Rezende | 26/11/2013 10:42
Jovem não esboçou reação ao ser preso. Foto: Divulgação PC
Jovem não esboçou reação ao ser preso. Foto: Divulgação PC

Acusado de homicídio em Três Lagoas, a 338 quilômetros da Capital, Geovane Aparecido Munis Neves, 20 anos, foi preso na manhã de ontem (25). Conhecido como “Nextel”, ele seria integrante da facção criminosa PCC, que atua dentro e fora de presídios no País. Há pouco mais de um ano, ele e Maicon Gomes de Souza, 21, mataram Luzimar de Souza Nascimento, 34.

A dupla ainda feriu uma terceira pessoa, que estava ao lado da vítima. Maicon já está preso pelo crime e Geovane permanecia foragido. Nextel agiu seguindo ordens do líder da facção, Welington Rosa da Silva, 30 anos, o “Bodão”.

Na época, segundo a Polícia, a ordem teria partido da cúpula da facção, já que a vítima havia sido condenada pelo crime de estupro. Há oito meses, Wellington foi morto em confronto com a Polícia de Três Lagoas, após ter organizado um atentado que vitimou um policial militar.

Geovane estava sendo monitorado há um mês, quando foi expedida a ordem da prisão preventiva pela Justiça. A informação inicial era de que ele estava em São Paulo, no entanto foi surpreendido no centro da cidade.

Nos siga no Google Notícias