A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

09/09/2011 16:05

IPHAN licita embutimento da fiação do Porto Geral de Corumbá

Edmir Conceição*
O senador Delcídio do Amaral e a superintendente do Iphan em MS, Margareth Escobar. (foto: Divulgação)O senador Delcídio do Amaral e a superintendente do Iphan em MS, Margareth Escobar. (foto: Divulgação)

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) deu início ao processo licitatório para escolher a empresa que vai realizar o embutimento e a canalização da rede de energia do Porto Geral de Corumbá.

A obra é parte de um projeto de revitalização e embelezamento de uma das áreas mais bonitas e visitadas da cidade. Os R$ 5 milhões necessários a execução dos serviços são oriundos do Programa Monumenta, do Ministério da Cultura, e foram viabilizados pelo senador Delcídio do Amaral(PT/MS).

“Estamos cumprindo mais um compromisso assumido com a população de Corumbá, autoridades e técnicos que lutam pela preservação da nossa cultura e da nossa história. O casario do Porto Geral tem um valor histórico e cultural incalculável e vai poder, dentro de alguns meses, ser inteiramente admirado em toda a sua beleza. Alem do embutimento da fiação, serão instalados refletores que, à noite, darão um destaque especial a esse patrimônio que pertence a todos os sul-mato-grossenses˜”, ressalta Delcídio.

A abertura das propostas das empresas concorrentes acontecerá no dia 17 de outubro. A expectativa é de que as obras comecem ainda este ano e sejam concluídas em uma prazo de 6 meses, no primeiro semestre de 2012. O edital está disponível no portal de compras do governo federal na Internet(

www.comprasnet.gov.br) . O projeto prevê o embutimento da fiação em toda a área tombada pelo IPHAN no Porto Geral, incluindo a Rua Manuel Cavassa e parte das ladeiras de acesso e saída do porto.

O senador começou a articular a liberação dos recursos para o embutimento da rede elétrica do Porto Geral no ano passado.

“Mantivemos uma série de encontros com o presidente do IPHAN (Luiz Fernando de Almeida), a superintendente em Mato Grosso do Sul, Margareth Escobar, dirigentes do Ministério da Cultura, da Presidência da República, da UFMS e da prefeitura. O objetivo era incluir Corumbá no PAC das Cidades Históricas , do governo federal, o que acabou realmente acontecendo. Feito isso, viabilizamos inicialmente R$ 5 milhões para restaurar o prédio da antiga Alfândega, que foi cedido a universidade para a implantação de vários cursos, e agora temos mais R$ 5 milhões para dar continuidade ao processo de revitalização do Porto Geral. Vamos continuar trabalhando para conseguir mais verbas porque Corumbá precisa e merece”, garante Delcídio.

(*) Com informações da assessoria

Brasileiro é morto a tiros em estrada vicinal de Pedro Juan Caballero
O brasileiro identificado como Fabio Pedrosa Gomes de Araujo foi encontrado morto, na noite de ontem (20), em uma estrada vicinal do país vizinho, o ...
Homem de 41 anos é morto a facadas por desentediamento com amigo
Roberto Dias de Oliveira, 41, morreu na noite de ontem (20) após ser esfaqueado por um colega, de 45 anos, durante uma briga. Caso aconteceu por volt...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions