ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  12    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Irmãos suspeitos de pistolagem são presos em colônia na fronteira

Os dois foram localizados na manhã de hoje na Colônia Santa Clara, no município de Pedro Juan Caballero

Por Helio de Freitas, de Dourados | 03/06/2020 10:03
Policiais paraguaios na casa onde irmãos foram presos hoje (Foto: Marciano Candia/Última Hora)
Policiais paraguaios na casa onde irmãos foram presos hoje (Foto: Marciano Candia/Última Hora)

Dois irmãos suspeitos de crimes de pistolagem na fronteira foram presos na manhã desta quarta-feira (3) na Colônia Santa Clara, povoado que faz parte do município de Pedro Juan Caballero, vizinho de Ponta Porã (MS). Willian,21, e Esteban Ramón Villasanti Benítez, 20, são acusados pelo assassinato de Luis Gabriel Vera Alen, ocorrido no dia 28 de maio em uma estrada vicinal da mesma colônia.

Os dois foram presos por agentes de investigação criminal da Polícia Nacional em uma casa na colônia, que fica a 70 km de Pedro Juan Caballero. Com eles os policiais encontraram uma pistola calibre 9 milímetros. No local os policiais também encontraram uma jaqueta de couro perfurada de balas. Suspeita-se que o agasalho pertencia a Luis Gabriel.

A polícia ainda apura os motivos do crime, mas a principal suspeita é que a execução esteja ligada à disputa pelo controle do tráfico de maconha na região. Luis Gabriel, 20 anos, foi morto com três tiros no rosto. O corpo foi encontrado de madrugada na estrada rural.